Pachter não vê grande futuro para a PS Vita

"Vais acabar por ver a Vita morrer lentamente."

Numa entrevista com o Game Informer, o famoso analista Michael Pachter falou, entre outras coisas, do sucesso dos dispositivos móveis, do domínio que a Nintendo tem sobre o mercado dos dispositivos portáteis dedicados ao jogos e de como a Sony não conseguirá por muito tempo continuar com a sua portátil PlayStation Vita.

Em relação às vendas atuais da nova portátil da Sony, Pachter comentou que, "As vendas têm sido horríveis. O meu relatório diz que a Vita vendeu 4.2 milhões no ano passado. É muito pouco e não acredito que eles vão construir um negócio vendendo 4 milhões por ano, e esse número tem tendência para baixar."

"A Vita é demasiado elegante e um pouco cara demais. Depois tem relativamente poucos jogos porque eles são complicados de fazer e o mercado é muito pequeno. Muito poucas editoras estão a gastar dinheiro a fazer jogos para ela. Tiveste Assassin's Creed: Liberation, que custou muito dinheiro à Ubisoft. A Sony vai gastar dinheiro com os seus estúdios internos, mas vais acabar por ver a Vita morrer lentamente, será uma morte dolorosa".

Sobre o futuro da Vita e sobre a presença da Sony no mercado das portáteis, Pachter referiu que, "Não existe futuro e eles não podiam fazer melhor do que a Vita. O mercado é o que é por causa da Nintendo. A Nintendo construiu o mercado e a Nintendo já tem um nome forte nas portáteis."

"Penso que a Sony calculou mal o tamanho do mercado e lançou-se nesta tempestade dos dispositivos móveis destruindo o lado casual das portáteis dedicadas. E a Nintendo não está a dar-lhes muito da sua fatia do lado dos hardcore, porque eles têm 3 jogos para cada um da Sony, e são bons jogos."

Salta para os comentários (58)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Recomendado | Death's Door - review - The Legend of Souls

Uma cativante experiência do início ao fim.

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

Também no site...

Recomendado | Death's Door - review - The Legend of Souls

Uma cativante experiência do início ao fim.

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Comentários (58)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários