Crystal Dynamics fala do que aprendeu em Tomb Raider: Definitive Edition

E de como isso servirá para o futuro da série.

Scott Amos, produtor executivo da Crystal Dynamics, falou com o VG247 sobre aquilo que aprenderam com a produção de Tomb Raider: Definitive Edition e de como isso irá ajudar nos futuros jogos da série na nova geração de consolas.

"Gastámos muito dinheiro e muito tempo. Todos nós colocámos muito dinheiro e todo o nosso coração e alma nisto tudo e dissemos 'vamos pegar neste jogo que amamos, e façamo-lo para as novas consolas. Esta é uma das discrepâncias. Podes tê-lo na PlayStation 3 e Xbox 360, e também no PC, mas desenvolver para a PlayStation 4 e Xbox One foi necessário usar muita tecnologia nova."

"Só o facto de termos o novo motor a correr, conseguir implementar novos elementos e reconstruir tudo por completo para tirar partido das novas técnicas de shading, das novas técnicas de iluminação, do inédito sistema de partículas e da simulação de físicas... São tudo coisas que não tínhamos feito por causa do poder de processamento," continuo. "São coisas que nunca tínhamos testado, e que não podíamos fazer a não ser que déssemos o salta para a nova geração."

"Somos nós a colocar as nossas mão à volta de toda a série, tudo o que fizemos até agora, todos os conteúdos num só espaço para assim podermos maximizar o nosso trabalho - isto para dizer que estes são os nossos primeiros passos na nova geração, este é o nosso primeiro passo para perceberem como a nova Lara Croft se vai parecer na nova geração."

"Para nós é realmente importante ver como abraçamos as novas plataformas o mais rápido possível porque quanto mais soubermos sobre elas melhor trabalharemos em futuras versões da série."

Publicidade

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários