Escolha dos Leitores 2013 - Top 50-41

Vocês votaram e aqui estão as vossas escolhas.

E assim chegamos ao final de mais um ano. 2013 foi um ano em cheio para o mundo dos videojogos repleto de experiências diferentes para todo o tipo de plataformas. Com tanta variedade e com tantos êxitos lançados ao longo dos últimos 12 meses, a escolha dos melhores de 2013 não pode ter sido fácil.

O período de deliberação dado foi de duas semanas, tendo a votação terminado na passada terça-feira. Como em anos anteriores, o Top 50 dos leitores será dividido e revelado em cinco partes. Publicaremos uma destas partes por dia até ao último dia de 2013.

O Top 50 dos leitores é um espelho dos jogos favoritos da comunidade Eurogamer Portugal e não tem qualquer influência da equipa da redação. Cada leitor teve a oportunidade de nomear cinco jogos, de modo a contribuir para esta lista, e de justificar as suas escolhas. Algumas dessas justificações vão aparecer ao longo do Top depois das conclusões das análises.

Se estão à procura do artigo "Os favoritos da redação", este ano decidimos apostar num formato em vídeo. Podem visualizá-lo aqui para descobrirem quais foram os jogos que mais marcaram os membros do Eurogamer Portugal em 2013.

50. Payday 2

Overkill Software / Starbreeze Studios / PC / PS3 / Xbox 360

O que dissemos: "No geral é um ampliar do primeiro PayDay: The Heist, oferecendo imensas horas de conteúdo e diversão por um preço bastante em conta. Diria que é bastante recomendado se procuram uma experiência cooperativa, tem um bom conceito, simples, frustrante muitas vezes, mas divertido como um jogo em equipa deve ser. Tem um teto muito alto, muito por onde progredir num sistema estilo RPG, mas exige um compromisso que requer não apenas skill, mas uma boa dose de paciência e sorte. O potencial está lá, tem o mérito de vir de um estúdio pequeno, só acho que merecia um maior polimento."

49. Resogun

Housemarque / PS4

O que dissemos: "Resogun é um espectáculo visual e uma delícia de jogar e pena mesmo não incluir mais naves e mais níveis. Capacidades de personalização e até quem sabe mais modos de jogo poderiam ter beneficiado ainda mais o jogo mas tal como está é na mesma um produto de alta qualidade. O cooperativo online, a reprodução remota na PlayStation Vita e a sua gameplay clássica mas ao mesmo tempo avançada, fazem com que seja um ótimo passaporte de entrada para a PlayStation 4. Após algumas horas com o jogo percebem facilmente porque a Sony o inseriu no PlayStation Plus, mais do que demonstra qualidade visual e é fantástico para habituar os jogadores ao Dualshock 4."

ferreira14 disse: "Este jogo é espetacular."

48. Soul Sacrifice

Comcept / SCE Japan Studio / PS Vita

O que dissemos: "Soul Sacrifice é um dos produtos mais singulares e mais carismáticos da PlayStation Vita até hoje. É um produto de futura referência que caso se faça justiça não se ficará somente por este primeiro capítulo. Tem potencial para mais e potencial até para passar para outras consolas da companhia. É todo um universo que nasce aqui com qualidade que merece perdurar em futuras incursões. É difícil, desafiante, vicia e certamente vai gerar toda uma devota comunidade em seu redor. Com alguns ajustes e melhorias pode transcender para algo mais no catálogo Sony."

GentlemanProxy disse: "O melhor jogo de Ação actualmente na Vita, tem uma boa história e um estilo de combate único."

47. Gone Home

The Fullbright Company / PC

O que dissemos: "No entanto, não é uma experiência perfeita. É difícil ignorar a sua curta longevidade. Não posso deixar de referir que o final chega abruptamente, quase de forma inesperada e deixando a desejar por mais. E o que mais impressiona é a forma como a narrativa se desenvolve, e não a própria estória. A estória de Gone Home é novidade nos videojogos, mas já foi contada em outros meios várias vezes."

kik0729 disse: "A maior surpresa do ano. A história é um pouco superficial às vezes, mas continua a ser das experiências mais diferentes do ano."

46. Total War: Rome 2

The Creative Assembly / PC

O que dissemos: "Vivemos noutros tempos, há uma década isto seria tudo o que Total War: Rome II teria para oferecer, hoje é apenas o começo, no tempo das métricas, é provável que as diferentes unidades vão sendo ajustadas para aumentar a utilização das mais ignoradas, novas fações vão se tornar jogáveis através de conteúdos adicionais, e possíveis bugs e glitches vão ser corrigidos à medida que apareçam. Não tenho dúvidas que fará as delícias dos fãs do primeiro Rome, assim como tem tudo para introduzir novos jogadores à série, Total War é um dos nomes mais fortes dentro dos jogos de estratégia, e uma das experiências mais únicas que junta a perspicácia estratégica dos TBS, com a execução tática dos RTS, preparem-se para conviver com ele por muitos e longos anos."

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Rumor: Sony assegurou grandes exclusivos temporários que vão surpreender

Grandes jogos multi-plataformas que vão chegar primeiro à PlayStation.

State of Play - Assiste em directo às 21h00 de Portugal

A Sony quer tornar a tua noite mais quente.

ObrigatórioHorizon: Zero Dawn review (PC) - Inquestionável

Guerrilla Games entrega a edição definitiva.

Xbox Game Pass pode salvar a vida dos indies, diz criador indie

Revela que acordo Game Pass permitiu financiar o seu jogo.

Também no site...

Rumor: Sony assegurou grandes exclusivos temporários que vão surpreender

Grandes jogos multi-plataformas que vão chegar primeiro à PlayStation.

Grounded estreia-se entre os mais jogados no Xbox Live

Mais de 1 milhão de jogadores nos primeiros 2 dias.

Xbox Game Pass pode salvar a vida dos indies, diz criador indie

Revela que acordo Game Pass permitiu financiar o seu jogo.

Temtem confirmado para a PS5

Quando sair do acesso antecipado.

Hood: Outlaws & Legends anunciado

Multi-plataformas cross-gen.

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários