Microsoft remove políticas DRM da Xbox One

Assim como necessidade do 'always online'.

Atualizado:

Don Mattrick tornou oficiais as medidas avançadas pelo Giantbomb num comunicado de imprensa colocado no site Xbox.com e assinado pelo próprio.

Mattrick diz que o feedback do consumidor importa e que estiveram atentos a tudo o que tiveram a dizer. A consequência é um forte ajuste nas medidas e filosofias promovidas pela Microsoft até hoje para a sua Xbox One.

Após a instalação da consola na qual será precisa a ligação à internet, podem jogar os jogos em disco sem precisar de ligar à internet. Não existe obrigatoriedade de ligação de 24 em 24 horas, e podem levar a consola para onde quiserem.

Mattrick confirmou ainda que a venda e troca de jogos irá funcionar tal como nos dias de hoje. Podem vender e trocar os vossos jogos em disco sem quaisquer contra-partidas ou medidas de proteção. Adicionalmente, o bloqueio de regiões não será implementado.

Podem até comprar um jogo online e jogar offline mas não os poderão vender como os jogos em disco.

Agora resta saber para quando chegará a Xbox One a Portugal.

Original:

Segundo o Giantbomb avança, a Microsoft está neste momento a atualizar o site oficial Xbox.com para reformular a página dedicada à Xbox One e as novidades podem ser as mais desejadas.

A guerra entre a Sony e a Microsoft pode ficar ainda mais interessante e a companhia Japonesa pode perder as suas principais vantagens na guerra da nova geração, isto porque a Microsoft pode estar prestes a remover todas as suas controversas medidas DRM.

É avançado que a Microsoft removeu com o requisito que nos obrigava a estar sempre ligado à interne e que não mais será preciso ligar a consola pelo menos uma vez em 24 horas.

Todos os discos de jogos irão funcionar na Xbox One tal como na Xbox 360, a ligação à internet apenas é precisa quando ligamos a consola pela primeira vez e todos os jogos transferidos digitalmente irão funcionar da mesma maneira tanto online como offline.

Não serão implementadas quaisquer restrições adicionais para trocar o emprestar jogos em disco e os bloqueios de região serão largados.

Estas medidas tem sido duramente criticadas pela imprensa e comunidade de jogadores mas foram largamente justificadas e explicadas pela Microsoft durante a E3.

Resta aguardar para saber se estamos mesmo perante o maior passo atrás da história desta geração ou se estamos apenas perante um rumor centrado em desejos.

Salta para os comentários (313)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (313)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários