Nintendo Direct E3 2013 - Rescaldo

Bayonetta 2, Wind Waker HD, Project X e Super Smash Bros.

Depois de duas estrondosas apresentações por parte da Microsoft e da Sony, a Nintendo deu o seu Nintendo Direct que de certa forma parece dar continuidade à sua postura mais recente. A companhia de Quioto parece preferir colocar-se de lado e enquanto a Microsoft e a Sony trocam galhardetes, a criadora de Luigi prefere ficar no seu canto. Este ano foi mais longe e ao contrário dos anos recentes, optou por algo mais simples, menos dispendioso e mais direto: uma transmissão em vídeo dedicado às suas consolas.

Tendo em conta que já tem as duas consolas no mercado e que não precisa de anunciar novo hardware é certamente fácil compreender a postura da Nintendo para a E3. O foco está nos jogos e quem os vai comprar são os jogadores dedicados, a Nintendo 3DS tem provado isso, e assim sendo é somente natural que a Nintendo se tenha focado em tentar mostrar o que a Nintendo Wii U precisa, exclusivos de peso centrados na família Nintendo. Foram praticamente estas linhas que me preenchiam antes do Direct de hoje.

Satoru Iwata começou por dar as boas vindas a todos os espectadores em todo o mundo e desde logo deu seguimento a Pokémon X e Y para a Nintendo 3DS num novo trailer, no qual foi feita a apresentação de novos Pokémons. "Prepara-te para a nova geração de Pokémon" disse a Iwata. Foi adicionalmente apresenada uma nova alteração chamada "Fairy" que irá implementar novas mecânicas de jogo.

Iwata confirmou ainda que ambos os jogos chegam a 12 de Outubro, anteriormente apenas se sabia que chegavam em Outubro. Agora temos uma data mais específica a acompanhar.

Sem perder tempo Iwata passou logo a apresentar Super Mario 3D World para a Wii U no seu primeiro trailer e aqui ficava marcado o ritmo da apresentação, sem parar e sem respirar, focada nos jogos. Dando seguimento às mecânicas de jogo implementadas em Super Mario 3D Land para a 3DS, a Nintendo mostrou este novo jogo no qual podemos controlar diferentes personagens como Mario, Luigi ou Peach e cada uma tem as suas próprias habilidades especiais.

Podem contar com modos cooperativos e com novos fatos sendo um dos destaques Cat Mario. Este novo fato, como vem sendo habitual, implementa novas habilidades e novas formas de jogar, permitindo que escale algumas paredes e que tente chegar onde anteriormente não poderia. Tudo em gloriosos 1080p.

Como a Nintendo sabe que a Wii U precisa de jogos, 3D World chega já em Dezembro para aquecer nas noites frias mas não vem só. Sem perder esse fôlego dinâmico e centrado na Wii U, Iwata apresentou Mario Kart 8 que depois do seu primeiro trailer de apresentação foi seguido de detalhes.

O claro foco em novidades e em jogos estava mais do que comprovado por esta altura. Afinal de contas, numa apresentação de cerca de 40 minutos já tínhamos visto 3 jogos em 9 minutos, dois deles novos centrados em séries populares para uma Nintendo Wii U sedenta de jogos. Mario Kart 8 para a Nintendo Wii U promete a melhor componente online alguma vez vista na série e isso é um dos principais focos da Nintendo.

O jogo chegará na Primavera de 2014 e antes que o jogador assimilasse o que viu, Iwata já estava a apresentar Wii Party U, um jogo que procura ser acessível para todos. Feito para ser o produto que todos querem ter nas suas festas. Nesta panóplia de mini-jogos, podem contar com diversão mas ainda sem data anunciada. Iwata pediu mais tempo para aprimorar o jogo.

Sendo um dos maiores sucessos da Wii, Wii Fit está a caminho da Wii U na forma de Wii Fit U mas o processo será mais demorado do que previsto, Iwata claramente preferiu dar as más notícias em conjunto, depois de um ponto alto em redor de trailers dedicados a novos jogos inseridos em propriedades intelectuais bem conhecidas e aclamadas. De qualquer das formas ficaram com previsão para "Inverno de 2013".

Chegou então a hora de abordar aquele que é um dos assuntos mais sensíveis por estes dias entre a família Nintendo, o apoio third-party. Numa altura em que muitos dizem que a Nintendo corre o risco de ficar com as suas consolas entregues a si própria, Iwata fez questão de reforçar que continuam com ligações saudáveis com as editoras e estúdios exteriores e por isso mesmo mostrou um video reel no qual vimos os jogos que estão a caminho das suas plataformas.

Desde Arkham Origins a WatchDogs, podem contar com muitos multi-plataformas de peso na Wii U em 2013. Aproveitando um ritmo empolgado e até avassalador, aqui não há espaço para dados ou estatísticas, Iwata destacou o reforço dos conteúdos digitais via eShop e apresentou uma série de novos títulos que estão a caminho dos serviços digitais. São as futuras propostas que podem esperar ver na Nintendo Wii U e 3DS num futuro próximo.

The Legend of Zelda: Wind Waker HD foi o senhor que se seguiu com novo trailer e claramente se sentia que 20 minutos depois do início já não restavam dúvidas, a Wii U era o claro foco da apresentação. A nostalgia instalou-se e voltamos aos tempos da caixa roxa na qual Link enveredou por um aspeto Cell-shading. Esta versão conta com visuais 1080p com uma capacidade imersiva única nunca antes vista na série.

A Nintendo acredita que o jogo renasceu com esta versão e que a história que decorre no alto mar será alvo de melhorias nesta adaptação. Provavelmente lembram-se da ligação do jogo ao Gameboy Advance relacionada com as ajudas de Tingle, aqui a Nintendo optou por colocar as ajudas dentro da comunidade MiiVerse, ou seja, os jogadores publicam ajudas e nós podemos ler.

Os detalhes serão partilhados mais tarde mas o que importa é que Wind Waker HD chegará em Outubro, dia específico a definir mas com toda uma lista regular de lançamentos já perfilados, a Nintendo começava por esta altura a mostrar cada vez melhor as suas intenções. Dar força e ritmo à Nintendo Wii U através das suas principais e carismáticas séries.

Mas se Wind Waker HD chega em Outubro, já em Agosto teremos Wonderfull 101 do Platinum Games e foi precisamente este o próximo foco de Iwata. Na Europa teremos o jogo no dia 23. Um novo trailer apresentou-se mas remeteu novos detalhes para um Nintendo Direct dedicado a este jogo, partilhou Iwata.

Mas a Nintendo não quis abrandar e para dar forma a um equilíbrio consistente, colocou pelo meio de anúncios já conhecidos, algumas novidades como Donkey Kong Country U. Confesso que ver Donkey Kong na sua aclamada fórmula vista na Wii mas agora em HD deixou-me bem entusiasmado. Pensar no engenho das mecânicas de jogo Nintendo combinadas com visuais em alta definição, Iwata até destacou o pelo do macaco, é algo que nos deixa entusiasmados, mesmo quando estamos a ver algo que não é em si propriamente novo.

Chegou então um dos mais aguardados momentos do Direct, Bayonetta 2, um exclusivo do Platinum Games para a Nintendo Wii U e talvez uma das mais poderosas afirmações da consola vinda de produtoras externas. O novo e mais do que aguardado trailer in-game chegou e os fãs foram ao delírio (eu fui). Bayonetta está de volta e se pensavam que a presença numa consola Nintendo o iria diminuir de alguma forma, esqueçam, é Platinum Games em todo o seu estilo.

"O que pensam?" perguntou Iwata, enquanto introduzia o novo cabelo mais curto e o novo fato de Bayonetta. Chegou então a hora da Nintendo levar os fãs ao delírio com uma pequena amostra de gameplay deste novo jogo que agora era confirmado para 2014...sem mais informações adicionais. Mais só mesmo para quem está na E3.

Se haviam quaisquer dúvidas do trabalho do Monolith esse desapareceu assim que vimos o trailer do seu novo jogo em HD, chamado por enquanto de X. Iwata apresentou uma aventura em mundo aberto que procura combinar gráficos visuais de luxo com uma enorme liberdade. No jogo temos a opção de controlar um robô enorme e até podemos navegar com ele pelos cenários. O jogo chegará em 2014 mas não foram confirmados mais detalhes.

Mas antes da apresentação terminar Iwata partilhou o vídeo que todos desejavam ver: Super Smash Bros. para 3DS e Wii U com lançamento para 2014. No final do trailer tivemos a confirmação da participação especial de Mega Man. Apesar da formula em si parecer igual à dos anteriores, várias melhorias e novidades ficaram prometidas e os visuais em alta definição deixam antever um jogo bem agradável e entusiasmante para os fãs.

Iwata deixou ainda uma mensagem para os fãs na qual prometeu uma E3 mais do que interessante e conteúdos digitais para os que acompanham em casa. Por esta altura as conclusões começavam a ser feitas e a ideia foi clara, a Nintendo demonstrou um enorme foco nos jogos para as suas plataformas mas tentou claramente ajudar a carenciada Wii U.

Completamente justificado pois se alguns esperavam a descida de preço, especialmente tendo em conta a chegada das concorrentes de nova geração, a Nintendo mostrou que irá combater com jogos. A combinação de títulos diferenciados e variados internos com produtos externos é poderosa e se Donkey Kong, The Legend of Zelda e Mario asseguram os fãs de sempre, Project X do Monolith e Bayonetta 2 podem ser o empurrão extra de que o sistema precisa para convencer os menos habituados ao lado Nintendo da indústria.

No final da apresentação fica a ideia de uma Nintendo que prefere jogar pelo seguro e apostar nas suas existentes propriedades intelectuais e quando é isso que os fãs querem ver, então a sintonia existe e sai por cima. Mais do que tudo, a Nintendo voltou a afirmar que se destaca da concorrência, que não está na mesma luta que elas e que procura oferecer experiências singulares.

Publicidade

Salta para os comentários (13)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Final Fantasy 7 Remake já está nas mãos dos jogadores

Apesar da Square Enix ter dito que existiriam problemas de stock.

Não esperes novidades de GTA 6 tão cedo

Um rumor afirmava que o jogo seria anunciado esta semana.

Jogos do PS Plus de Abril revelados mais cedo

Dois jogos excelentes de géneros diferentes.

Passatempo Predator: Hunting Grounds - Aqui estão os vencedores!

Vão receber códigos de 12 meses do PS Plus.

Também no site...

Comentários (13)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários