Gary Whitta apoia a Telltale com uma narrativa forte

O autor do jogo episódico de Walking Dead está a investir mais na história.

Gary Whitta, o autor do jogo episódico The Walking Dead, deu uma entrevista recentemente ao GameInformer, comentando sobre o seu tempo passado com a equipa da Tellyale Games e como tem apoiado e se dedicado ao estúdio, criando uma narrativa sólida e forte.

"A maior parte da minha experiência na escrita vem sempre do lado cinemático, o que é muitas vezes uma experiência muito solitária. Mas em The Walking Dead foi quase como trabalhar numa série televisiva."

"Nós temos uma sala de escritores. E tu és do tipo de conceber o projeto de forma colaborativa numa sala com um monte de pessoas diferentes, onde todos têm idéias. E eu adoro trabalhar com esse tipo de ambiente. Relembra-me um pouco de como eu costumava editar as revistas dos videojogos. E quando eu fiz a transição para o mundo do cinema, eu apercebi-me o quanto eu me apoiava noutras pessoas à minha volta para conseguir a minha própria criatividade."

"De repente estás sentado sozinho numa sala, andar de um lado para o outro, a tentar ter uma ideia e tu sentes falta das outras vozes criativas ao teu lado. A parte boa sobre o trabalho do pessoal da Telltale é que não há mais nada a não ser as vozes criativas. Eles são todos uma equipa muito, muito talentosa. Eles querem apenas contar a melhor história possível. Eu pergunto-me se eles realmente precisam de mim porque eles são muito, muito inteligentes."

O que vocês acham do trabalho do Gary Whitta no estúdio da TellTale Games?

Conteúdos relacionados

Canal de TV confunde Red Dead Redemption 2 com a realidade

Foram enganados por foto enviada por tele-espectador.

Immortals Fenyx Rising review - os deuses estão loucos

A Ubisoft combina ideias fantásticas, mas não consegue um resultado à altura.

Godfall continua a crashar a PS5

E sofre de problemas de desempenho.

Também no site...

Immortals Fenyx Rising review - os deuses estão loucos

A Ubisoft combina ideias fantásticas, mas não consegue um resultado à altura.

Godfall continua a crashar a PS5

E sofre de problemas de desempenho.

Surpresa! Doom Eternal chega à Nintendo Switch a 8 de Dezembro

A mesma gameplay, com resolução inferior.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários