Fangz, um jogo desenvolvido pelo português Alexandre Ribeiro, está a fazer sucesso nos dispositivos iOS e Android, tendo já recebido várias pontuações de cinco estrelas em ambos as plataformas e elogios por parte da crítica especializada em jogos para smartphones.

A sua produção teve inicio em 2009, mas só foi lançado na passada terça-feira, isto porque Alexandre Ribeiro começou a trabalhar no jogo quando ainda trabalhava na Nokia Siemens Networks, tendo depois decidido despedir-se para se dedicar por inteiro a Fangz.

Fangz trata-se de um beat'em/shoot'em up que coloca os jogadores a "alvejar, cortar e esmagar advogados, banqueiros e outros vampiros, em mundos maravilhosamente desenhados à mão, criados pelo artista mundialmente conhecido Alex Gallego".

Entre os conteúdos oferecidos está uma campanha de 10 níveis com "bosses fantásticos", um modo de sobrevivência e 17 armas desbloqueáveis. Uma das promessas feitas é: "Fangz nunca terá compras dentro da aplicação", uma prática bastante comum em outros jogos iOS e Android e nem sempre bem recebida pelos jogadores.

Fangz está disponível no Google Play e iTunes por €1.79 (versão HD também disponível pelo mesmo preço).

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro

Comentários (19)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Fangz - Análise

Portugueses à conquista dos smartphones e tablets.

Fangz deu entrada no Steam Greenlight

Está disponível para iOS e Android, mas também poderá vir a ter uma versão para PC.

Super Smash Bros. comemora 20 anos

Sakurai agradece aos jogadores.

Publicidade