Kojima: "Não quero ficar limitado a uma plataforma"

Futuros Metal Gear não serão exclusivos PlayStation.

No passado, Hideo Kojima optou por restringir o lançamento dos seus jogos a uma só consola, a PlayStation, mas futuramente, o criador de Metal Gear não quer ficar preso a uma só plataforma.

Kojima comentou com a revista EDGE (via Gaming Everything) sobre esta questão de exclusividade, dizendo que "obviamente gosto da Sony, respeito-os e temos muitas coisas em comum na forma de pensar", no entanto, "penso que o futuro dos jogos está na tecnologia cloud e no cloud gaming."

"Adoro a Sony, eu tenho uma câmera da Sony, mas penso que quando entrar na geração cloud haverá muitos dispositivos envolvidos e muitas formas diferentes de interagir com o mundo do jogo," continuou. "Não quero ficar limitado a nenhuma plataforma, mas não vou dizer que não gostava de participar nos eventos. Desta vez, no PlayStation Meeting, gostava de ter participado, mas estava ocupado com a tour mundial de Rising."

Este ideal de Kojima já se verificou com o lançamento de Metal Gear Rising: Revengeance, que foi lançado para PlayStation 3 e Xbox 360. A próximo entrada na saga Metal Gear Solid - Metal Gear Solid V: The Phantom Pain - também será lançado para ambas as plataformas.

Publicidade

Salta para os comentários (54)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Assassin's Creed: Syndicate já está gratuito para PC

Aproveita a oferta da Epic Games Store.

GeForce Now receberá mais de 1,500 jogos novos

Mais de 1 milhão de jogadores registados.

PS5 e Xbox Series X confirmadas para o Tokyo Game Show

Japoneses vão experimentar jogos de nova geração.

Também no site...

Comentários (54)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários