Wargaming comprou o estúdio Gas Powered Games

Estava em apuros depois de um projeto Kickstarter falhado.

O estúdio Gas Powered Games, responsável por jogos como Age of Empires Online, Supreme Commander e Wildman (um projeto Kickstarter sem sucesso), anunciou que foi comprado pela Wargaming, a companhia que produziu o incrivelmente popular World of Tanks.

Depois da tentativa falhada de obter dinheiro no Kickstarter para a produção de Wildman, o estúdio ficou em apuros, mas para o bem deste, a Wargaming veio em seu resgate.

Victor Kislyi, o CEO da Wargaming, partilhou algumas palavras sobre o estúdio que a sua companhia acabou de comprar.

"O legado e pedigree do Gas Powered Games mostra-nos o quão valiosa é a adição de Chris e a sua companhia à família Wargaming. O Gas Powered Games tem um longo historial em oferecer experiências AAA incrivelmente cativantes, mal podemos esperar para começar a trabalhar com eles."

Chris Tayloer, o CEO do Gas Powered Games, também partilhou palavras gentis.

"O crescimento da Wargaming nos últimos anos tem sido tremendo, estamos ansiosos para nos juntar a uma das companhias de videojogos que mais rápido cresceu. Tenho a certeza que a nossa experiência e perícia nos vão ajudar a contribuir ainda mais para o sucesso global da Wargaming."

Publicidade

Salta para os comentários (1)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Valve condenada em França por impedir a revenda de jogos digitais no Steam

Organização Francesa consegue importante vitória.

A Total War Saga: Troy anunciado para PC

O novo jogo de estratégia inspira-se na Ilíada.

Switch perto dos 9 milhões de unidades vendidas no Japão

PES 2020 foi a melhor estreia da semana.

Também no site...

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários