Resident Evil: Revelations HD não é um port

Produtor fala sobre a nova versão caseira.

Masachika Kawata é o produtor de Resident Evil: Revelations e esteve à conversa com o Nowgamer sobre a nova versão em alta definição do seu aclamado jogo.

Questionado sobre se estamos perante um port direto da versão Nintendo 3DS, Kawata esclarece que não. Temos gráficos melhorados para os padrões de alta definição, som Surround 5.1, jogabilidade ajustada e aprimorada, retoques aqui e ali que tornam esta numa experiência melhorada.

Tendo em conta a resposta tão positiva da crítica e fãs, a Capcom decidiu que seria uma boa ideia levar o jogo para as consolas caseiras e expandir o seu alcance, especialmente porque considera que este jogo tem mesmo uma sensação Resident Evil.

"Tem aquele mesmo estilo de jogo fácil de pegar. Não é um sistema de jogo super complicado, portanto penso que é algo que foi muito bem sucedido no jogo. Também fiquei contente pela forma como pudemos trazer inimigos que não eram zombies mas conseguimos dar-lhes vida no ecrã e torná-los assustadores. É algo do qual me orgulho particularmente."

Kawata não acredita que a série se está a afastar dos zombies, apenas acredita que se deve escolher o que é mais apropriado para a atmosfera e tema de um jogo em particular. "Os zombies são um grande inimigo. São muito icónicos e são essencialmente uma marca da série. Mas nos anos recentes tivemos um despoletar zombie, nos últimos cinco a dez anos. Podes vê-los em todo o lado, noutros jogos, filmes e na TV. É importante para nós ao seguir em frente ter-mos algo único ou algo que não segue simplesmente as modas."

O produtor acredita que Revelations vai oferecer uma experiência diferente de RE5/6, aqui não vamos massacrar inimigos às dezenas, vamos ter sim personagens inseridas em situações extremas que querem ficar vivos. A história evolui e liga várias personagens e Kawata espera que os jogadores desfrutem do jogo.

"É difícil contabilizar as opiniões das pessoas, é o que o Metacritic é, uma coleção de opiniões. Resident Evil 6 assumiu o desafio de ser um jogo que iria ser jogado por muitas mais pessoas que Revelations. Quanto mais pessoas jogam o teu jogo mais opiniões vão ficar divididas. Penso que foi parte da razão para essa diferença (entre análises de RE6 e Revelations), assumiram desafios diferentes e tiveram reações diferentes."

Kawata, que considera que Revelations é um survival horror, pensa que os dois jogos foram avaliados pela forma como parecem e se sentem como um Resident Evil. "Revelations claramente parece e sente-se mais como um Resident Evil antigo do que o 6 e isso é uma questão bem diferente do que a qualidade dos jogos e se as pessoas gostam deles."

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários