O som das armas em Call of Duty é tão real que levou a polícia a invadir um apartamento pensando que se tratava de um tiroteio real, relata o UPI.

A situação embaraçosa aconteceu na Suécia, quando um grupo de adolescentes estava a jogar Call of Duty na noite de sábado, e enquanto estavam a jogar, uma das personagens do jogo foi alvejada e de seguida começou a gritar "Socorro, socorro, socorro!", o que levou alguém a avisar a polícia (provavelmente um dos vizinhos).

A polícia mandou uma unidade de 10 agentes para investigar a situação, fazendo uma rusga ao apartamento e forçando os adolescentes a sair. Como era de esperar, não encontraram nada de errado.

Cá fora, os adolescentes conseguiram explicar aos agentes que estavam apenas a jogar. Ninguém foi preso.

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro