Atari entra em falência

Uma das companhias pioneiras nos videojogos.

A Atari, fundada em 1972 e conhecida por ser pioneira nos videojogos, com títulos como Pong, preencheu um requerimento de falência, de acordo com o LA Times.

A companhia preencheu o pedido de falência dentro do Capítulo 11 do código de Falência dos Estados Unidos, o que permite uma reorganização da companhia enquanto o processo de falência decorre.

No caso da Atari, o pedido de falência é uma tentativa de separar-se da divisão francesa Atari S.A, que possui a maior parte da divida. Se obtiver sucesso e encontrar um comprador, a companhia espera crescer ao concentrar-se nos mercados mobile e digitais.

A divisão dos Estados Unidos tem conseguido obter lucro nos últimos anos, por mais pequeno que seja. No ano fiscal de 2011 terminou com $11 milhões e no ano a seguir com $4 milhões. As receitas também diminuíram nos últimos dois anos, caindo 43 porcento em 2011 e 34 porcento em 2012.

A Atari S.A, a divisão francesa, está numa situação pior. As suas ações valiam mais de 11 euros em 2008. Nos dias que correm valem menos de 1 euro.

A Atari tem sobrevivido ao lançar compilações dos seus títulos arcade mais famosos, mas o dinheiro para a produção e novos lançamentos estava dependente de um crédito concedido pela companhia financeira BlueBay Asset Management, que terminou a 31 de dezembro de 2012.

Nesta situação, a Atari procurou solução ao preencher um pedido de falência.

Salta para os comentários (23)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (23)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários