Tekken Tag Tournament 2 chega à novíssima consola Nintendo com estrondo: a versão Wii U vem recheada com todos os personagens e níveis secretos das versões Xbox 360 e PlayStation 3 completamente desbloqueados desde logo, juntamente com um leque de apetitosas adições inspiradas na Nintendo que fornecem um serviço obrigatório para os fãs. Também existe um número de ajustes na jogabilidade e equilíbrio, tornando a versão Wii U na mais completa versão de Tekken Tag Tournament 2 disponível.

Quanto aos conteúdos, estamos falados. Mas como se compara o jogo Wii U contra as versões 360 e PS3 a nível técnico, tendo em conta as conversões de qualidade mista que temos visto na nova máquina da Nintendo lançada há algumas semanas?

Baseado nas primeiras impressões, não parece ter sido alterado muito. Achámos que o mesmo esquema é usado, com um framebuffer dinâmico empregue, ajustando a resolução na hora de acordo com a carga. Para manter a atualização alvo nos 60FPS o mais perto possível, Tekken Tag 2 procura operar a nativos 720p mas baixa tanto quanto 700x720 (também se vê 800x720 e 900x720) quando existem dois personagens no ecrã para combos de equipa com o motion blur ativado.

Trocar entre personagens força uma queda na resolução nalguns níveis - mas não em todos - independente de o blur estar ou não ativo, o que é algo que vemos acontecer com um pouco mais de frequência na 360 e PS3. No entanto, perder por completo o efeito blur permite ao jogo correr em resoluções maiores com mais frequência em todas as plataformas: fora dos movimentos com dois personagens e combos altamente agressivos, uma larga parte da luta é gerada a 720p, ou apenas ligeiramente abaixo, oferecendo a apresentação o mais limpa possível.

Até agora tudo bom. No entanto, consoante nos afastamos de preocupações da qualidade de imagem pura torna-se aparente que a Namco aplicou pequenos ajustes no código Wii U ao reduzir a qualidade de certos efeitos visuais, ou nalguns casos remove-os por completo. Também existe um número de falhas gráficas que surge ocasionalmente, que parece ir contra o resto da apresentação visual do jogo. Vamos olhar para o nosso vídeo frente a frente com a 360 e Wii U, e existe uma grande galeria de comparação em três formatos a 720ppara verem.

"Apesar do conteúdo adicional, os pequenos cortes visuais e nível de performance ligeiramente inferior pode afastar alguns jogadores Tekken profissionais."

Tekken Tag Tournament: Wii U vs. Xbox 360. Passamos para o YouTube para os nossos vídeos. Escolha a opção 720p HD e ecrã completo para resolução completa.

Comparação alternativa:

O impressionante, computacionalmente pesado efeito de blur por objeto que domina o aspeto do jogo em todos os formatos é gerado com menor precisão na Wii U, com diferentes níveis de distorção mais facilmente discerníveis nas imagens paradas. A consola Nintendo parece saltar o que parece uma segunda passagem de motion blur nos outros formatos, que providencia mistura adicional entre as oito amostras usadas para criar a linha base do efeito. Isto faz o blur parecer ter uma aparência mais ruidosa em movimento, apesar de apenas aqueles com olhos de falcão conseguirem mesmo ver a diferença fora de imagens paradas.

Adicionalmente, existe mais - apesar de subtis - reduções noutras áreas: algumas das plantas e árvores em redor dos cenários de alguns locais estão ausentes, assim como as galinhas no nível Historic Town. Acima disso, a neve interativa no chão do nível Arctic Dream está completamente ausente, agora substituída por um chão de gelo sólido. A perda de algumas tulipas no cenário Holandês também faz essas áreas parecerem mais vazias que nos outros formatos. Curiosamente, nalgumas áreas vemos mesmo um subtil aumento na folhagem na Wii U - nos ramos de algumas árvores - o que é estranho dadas as reduções no detalhe nos outros lados. Mas vemos mesmo rácios de fotogramas ligeiramente menos estáveis nesta área do que noutras versões.

No resto, existe um número de estranhezas visuais que inicialmente apontam mais inferioridades, mas na verdade parecem na maioria consistir de ocasionais falhas gráficas acima de qualquer coisa. A mais óbvia diz respeito à aparência de texturas em certos objetos, tais como telhados nalguns edifícios, que parecem que podem ser de resolução inferior à da PS3 e 360. Algumas delas estão mesmo inferiorizadas, mas a maioria das diferenças aqui parecem dever-se à forma como o processador da Wii U filtra texturas em certos ângulos, o que deixa certos objetos com aspeto mais esborratado enquanto outros parecem lindos e pristinos - portanto nalguns locais um maior nível de filtros parece estar presente. Também vemos evidências da ocasional textura revirada nalguns objetos, apontado para falhas como a principal causa destas anomalias, ao invés de compromissos intencionais do estúdio.

Wii UX360PS3
Compara com as versões 360 e PS3, o efeito de blur por objeto altamente impressionante está gerado com menor precisão na Wii U, que parece não ter uma segunda passagem a misturar usada na PS3 e 360. Isto dá ao efeito um aspeto de maior grainha em movimento, mas visto em imagens paradas os níveis variáveis de distorção aplicados aos objetos é mais facilmente visível, devido à pobre mistura destas camadas.
Wii UX360PS3
Os telhados dos edifícios na imagem acima tem menos detalhe no sistema Nintendo, como as paredes e tijolos nalgumas casas. No entanto, algumas destas diferenças parecem dever-se mais a estranhos ajustes ao invés de cortes planeados na qualidade gráfica. O nível de filtro de texturas acima é melhor nalgumas superfícies na Wii U do que noutras versões, mas pior noutras, com a forma como a gráfica gera o efeito em certos ângulos sendo mais provavelmente a culpada.
Wii UX360PS3
Noutras áreas algumas árvores e plantas também estão ausentes na versão Wii U. Mais percetível, o campo de flores no nível na Holanda parece mais vazio como resultado. No entanto, em alguns locais vemos mesmo folhas e ramos adicionais nalgumas árvores no resto do jogo, intrigante pois estão em níveis nos quais a performance sofre mais do que nos outros.
Wii UX360PS3
O vivo cenário inspirado no Natal, o Arctic Dream, tem um efeito de neve interativa no chão na 360 e PS3, os personagens deixam rastos no chão enquanto lutam - algo introduzido pela primeira vez em Virtua Fighter 4 em 2001. No entanto, na Wii U está completamente ausente, com uma superfície gelada achatada no seu lugar.

A maioria das diferenças são leves e difíceis de ver durante o jogo, portanto quase certamente não vão afetar o teu desfrutar do jogo como um todo. Talvez a Namco tenha ficado sem tempo para resolver problemas de última hora que permanecem na versão final, ou tivesse problemas para descobrir uma forma melhor de estabelecer a performance geral a tempo do lançamento. A seu favor, no resto achámos que as sequências FMV de maior qualidade da versão PS3 também são usadas na Wii U, graças aos discos de maior capacidade da consola usados para guardar dados numa quantidade similar aos Blu-rays.

Tekken Tag Tournament 2: análise à performance Wii U

Os jogos de luta vivem ou morrem pela sua performance, e Tekken não é exceção. Como discutimos anteriormente, a Namco fez pequenos ajustes gráficos a certos aspetos do código Wii U para melhor otimizar o jogo para a consola. Mas também vemos o ocasional melhoria singular, que causa alguns problemas de performance. Portanto o que se passa aqui?

Tal como no anterior Confronto Tekken, fomos imediatamente para o online para tirar proveito da facilidade das repetições online, que nos permite usar vídeos tirados de combates intensos com jogadores mais avançados. No entanto, após uma hora de procurar por várias repetições não conseguimos encontrar uma perto do mesmo padrão de jogo das outras versões numa base consistente, com menos lutas que pudessem ser usadas para testar realmente o jogo. É aparente que muitos dos jogadores dedicados de Tekken estão colados ao jogo na PS3 e 360 de momento. Talvez a base de utilizadores se abra com mais tempo, mas não estamos completamente convencidos que isto aconteça. No final conseguimos encontrar alguns vídeos que apresentaram algumas diferenças reveladoras entre a versão Wii U e as outras.

"O único nível onde vemos funcionalidades gráficas adicionais também tem uma percetível queda no rácio de fotogramas comparado com as versões 360 e PS3."

Análise à performance da versão Wii U. Na maioria mantém-se no alvo de 60FPS, mas jogadores dedicados de Tekken vão provavelmente preferir a sensação das existentes versões 360 e PS3.

Na maioria a versão Wii U fica fixa na atualização a 60FPS necessária para manter jogabilidade suave e resposta consistente do comando, com a exceção das repetições e cutscenes no final de cada luta, onde descobrimos que todas as versões tendem a perder alguns fotogramas. Onde as coisas começam a divergir é quando grandes personagens estão no ecrã em certos ambientes, onde vemos pequenas, mais bem frequentes quedas na suavidade não presentes nos jogos 360 e PS3 - curiosamente, estas ocorrem quando existe um bocado de folhagem na imagem. Felizmente, o variar no rácio de fotogramas é pequeno para passar praticamente despercebido ao olho, mas o facto disto acontecer sequer durante jogabilidade significa que jogadores de topo vão sentir a diferença.

Para o resto, estas pequenas flutuações na suavidade provavelmente não vão ter grande impacto, apesar de sentirmos que alguns dos timings estavam errados ao efetuar certos combos nas áreas afetadas. Mas na maioria do tempo, o jogo corre suavemente nos requisitados 60FPS com apenas a ocasional queda de dois fotogramas que certamente não notamos. Fora da ocasional queda na suavidade Tekken Tag 2 na Wii U oferece um ação de combate bem desfrutável, mas não vai a primeira escolha para fãs dedicados ao jogar online - além do rácio de fotogramas desiquilibrado, o nível de competição simplesmente não parece estar à altura do dos outros sistemas atualmente.

A diferença Wii U

Em termos de conteúdo, não existe questão que de base a Wii U oferece a versão mais rica de Tekken Tag 2 disponível no mercado atualmente, contendo um número de modos extra e extras sem precisar de ir para o online.

Como já mencionamos, todos os níveis adicionais e personagens adicionais dos jogos PS3 e 360 estão disponíveis de imediato na versão Wii U. Acima disto, existem três novos modos. Tekken Ball - estreado em Tekken 3 - regressa e tem a companhia de um modo Mushroom Battle inspirado na Nintendo no qual os jogadores usam power-ups tais como cogumelos Super e Venenosos durante as lutas. Final,ente, existe um modo Tekken Supporters no qual podes dar dinheiro a personagens em troca de vários itens, que são depois avaliados e comparados com outros jogadores online.

Além disto também temos a inclusão de fatos inspirados na Nintendo, retirados de séries populares como Super Mario Bros., Star Fox, The Legend of Zelda e até F-Zero. Estas adições basicamente contabilizam um enorme serviço aos fãs dedicados da Nintendo e um extra surpreendentemente divertido para uma série que não se leva demasiado a sério além das mecânicas de luta. Desafiamos qualquer um a não divertir-se ao vestir Yoshimitsu com um fato de Captain Falcon.

"Um nível apropriado de serviço aos fãs é incluído com alguns adoráveis fatos inspirados na Nintendo."

nint1
nint2
Um quarteto de exemplos de fatos inspirados na Nintendo que a Namco Bandai adicionou à versão Wii U de Tekken Tag Tournament 2.

Fora a capacidade de usar o comando Clássico Wii e a sua variante Pro, o novo comando Pro Wii U também é suportado juntamente com o gamepad padrão, que tem algumas funções de toque limitadas implementadas no jogo - podes sacar certos golpes e combos com um toque no ecrã, mas nada mais. Durante o uso normal, a lista de movimentos e dados dos personagens é apresentado no ecrã do tablet, mas ao ver repetições online todo o jogo pode ser visto desta forma. Passar o estilo de jogo para o Wii U Gamepad também te permite jogar olhando para o tablet ao invés da TV. Surpreendente é não existir opção para usar o ecrã tátil para navegar mais rapidamente pelos menus, e a maioria das funcionalidades são adições banais. Felizmente, os jogos de luta não precisam de controlos por toque catitas durante a jogabilidade, portanto não se perde muito.

Juntamente com todos os extras no jogo Wii U, existe uma grande omissão - o suporte 3D. No entanto, provavelmente poucos se vão importar, dado o quão comprometida é a experiência ao jogar o jogo desta forma na 360 e PS3: visuais em baixa resolução estão permanentemente combinados com fortes quedas no rácio de fotogramas que afetam significativamente a jogabilidade base. A este respeito, o 2D é a forma a seguir independente da versão que tens.

Tekken Tag Tournament 2 na Wii U - o veredito Digital Foundry

Tekken Tag Tournament 2chega a uma nova casa poucos meses após surgir na PS3 e 360, e de longe a Namco Bandai fez um decente trabalho em transportar o jogo para a nova consola Nintendo enquanto adiciona uma fatia de conteúdo extra para entreter fãs dedicados e novos jogadores. Visualmente, exceto a perda de alguma neve interativa e algumas flores em dois cenários, o jogo espelha de perto as outras versões, com o uso de um efeito de blur de menor precisão que apenas os mais atentos vão ver durante o jogo. Nalguns níveis vemos a Wii U a comandar uma breve qualidade na imagem onde o jogo permanece a correr em nativos 720p por mais tempo durante batalhas menos intensas entre dois personagens com o efeito blur ligado, mas este aspeto do motor varia de cena para cena em todas as versões, até certo nível.

"Tekken na Wii U é um belo jogo, mas as versões PS3 e 360 tem vantagem sobre ele devido a um online mais estável e visuais ligeiramente melhores."

A respeito da performance, o rácio de fotogramas ligeiramente menos estável apenas vai ser um problema para os mais veteranos que vão ser mais sensíveis ao timing dos movimentos e combos - mas para maioria, o jogo continua fluído e divertido de jogar a todo o tempo. O leque de opções de controlo disponível - do comando Pro a alguns vários sticks Arcade Wii - também cobre os mais dedicados. Este é um bom bónus, considerando que o gamepad padrão é um pouco largo e pouco ergonómico para este tipo de jogo.

No final, não existe nada de errado com a Edição Wii U de Tekken Tag Tournament 2, apesar dos jogadores que querem a melhor experiência visual (por uma pequena margem) e jogabilidade online estável devem olhar para as versões PS3 e 360. Se já tens uma das outras existe pouco sentido em escolher o jogo Wii U, mas se não o compraste ainda - e tens a nova máquina Nintendo - Tekken Tag Tournament 2 contina um excelente jogo de luta que vale bem o investimento. É apenas pena que as editoras insistam em cobrar preços completos por jogos Wii U que estão disponíveis com descontos significativos noutras consolas, o que torna a versão 360 ou PS3 a escolha a fazer.

Publicidade