Ex-funcionários da Vigil Games não aparecem nos créditos de Darksiders II

Vigil Games responde às acusações.

Tudo começou com um comentário de Xander Davies no Twitter, o designer da UI (User Interface) em Darksiders II e ex-funcionário da Vigil Games, que se queixou que trabalhar num jogo AAA tornou a sua vida num pesadelo durante três anos.

Pouco depois, foram outros ex-funcionários da Vigil Games que vieram a público corroborar os comentários de Davies e aclamando que os seus nomes foram omitidos dos créditos de Darksiders II.

Em resposta a esta confusão que se gerou, David Adams, o gestor da Vigil Games, comentou que "Quando somos forçados a reduzir o número de funcionários devido ao cancelamento de um projeto, trabalhamos arduamente para assegurar que todos os afetados recebem crédito no jogo. Não incluímos nos créditos indivíduos despedidos por outra razão qualquer, como por exemplo, ser despedido por desempenho fraco."

Esta não é a primeira vez, nem será a última, que ex-funcionários que trabalharam num jogo se vêm queixar que o seu nome foi excluído dos créditos. Segundo Andy Modrovich, um veterano da indústria e também ex-funcionário da Vigil Games, é uma prática mais comum do que parece

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Os grandes lançamentos de Março nos videojogos

Vais comprar alguma coisa este mês?

Sniper: Ghost Warrior Contracts 2 já tem data de lançamento

Podes matar alvos a mais de 1.000 metros de distância.

EA ganha processo relacionado com lootboxes de FIFA

Provou que não usa dificuldade dinâmica para encorajar a compra de packs.

Nintendo Switch continua a bater toda a concorrência

PS5 vende mais que a Xbox Series no Reino Unido em 2020.

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários