Para a Square Enix esta geração é demasiado longa

Acusa a Microsoft e Sony de cometerem um erro.

Os benefícios da longevidade de uma geração de consolas depende sempre do ponto de vista. Para a grande maioria dos jogadores, quando maior melhor, pois não terão que gastar dinheiro em novas consolas tão cedo. Mas para os produtores, é precisamente o contrário.

Nesta geração de consolas, tanto a Sony como a Microsoft já mencionaram várias vezes um ciclo de 10 anos para as suas consolas, a PlayStation 3 e Xbox 360, o que para o diretor de tecnologia da Square Enix, Julien Merceron, é um erro.

"Esta geração está a ser demasiado longa, e digo isto porque tens muitos produtores que trabalham numa nova plataforma, e talvez não terão sucesso, por isso vão esperar pela próxima geração. Nesta geração não podes fazer isto," disse Merceron ao Games Industry.

"Estes produtores foram para outros lados para ver se a relva era mais verde. Eles encontraram os navegadores da Internet, o iOS, encontraram outras coisas e muitos deles não regressarão às plataformas hardware."

Na perspectiva do diretor de tecnologia da Square Enix, a Sony e a Microsoft ajudaram outras plataformas a emergir e a fortalecerem com a duração desta geração de consolas. A sugestão de Julien Merceron para o futuro, é que as companhias apostem em arquiteturas simples para que haja uma oportunidade para todos os produtores.

"Se começares a elevar a fasquia, mais estúdios vão morrer, mais editoras vão morrer, haverá menos títulos nas plataformas, etc. Se for mais acessível, darás mais oportunidades às pessoas, terás um melhor portefólio para o lançamento"

Salta para os comentários (57)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Resident Evil Village na PlayStation 5 com ray tracing

Jogámos a demo, um pouco desiludidos com o grafismo.

GTA 5 obriga-te a matar, pelo menos, 726 pessoas

Franklin é o que mais pessoas mata.

Shaun Escayg deixa a Crystal Dynamics e regressa à Naughty Dog

Diretor criativo de Uncharted: Legado Perdido regressa a casa.

Também no site...

Comentários (57)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários