1
David Cage.

Odiado por muitos e aclamado por outros, David Cage, co-fundador do estúdio Quantic Dream, responsável por Heavy Rain e a trabalhar no próximo exclusivo PS3, Beyond: Two Souls, comentou em entrevista aos nossos colegas do Gamesindustry International, que "os jogos irão morrer se a indústria não tentar ser mais inovadora".

O produtor fala sobre o passado, sobre a importância de Heavy Rain, sobre o presente, os jogos que o entusiasmaram recentemente, tal como Journey, e sobre o futuro da indústria e o papel do seu novo jogo, Beyond.

Sobre o tema da escolha da atriz Ellen Page, Cage afirma que reconhece (obviamente) que ela é famosa, mas que não é por causa disso que está no papel de Julie Holmes, comentando "Ellen é famosa. Desculpem por isso. Mas essa não é a razão pela qual ela está envolvida. Está envolvida porque ela é Julie Holmes, e ela é uma atriz fantástica, e ela é maluca, talentosa e corajosa e ela tem todas estas qualidades. Mas eu não estava à procura de um nome para colocar na minha caixa do jogo". Acrescentando, "É mesmo em primeiro lugar o talento. E espera isto nos meus próximos jogos. Verás pessoas famosas e pessoas não famosas. Não me preocupo muito".

Sobre o estado da indústria, David Cage esclarece que não tem que dizer o que a indústria deve ou não fazer, mas sim que apenas fala pelo seu estúdio. "Estou interessando em usar este media para expressar algo e despoletar emoções profundas", comenta.

David Cage continua dizendo, "É porreiro poderes disparar contra monstros, e isso é bom e será sempre um sucesso, mas ao mesmo tempo, e que tal dar às pessoas escolhas? Dar diferentes opções. Por isso se elas gostarem disso irão poder encontrar, mas se elas quiserem algo profundo e interactivo, elas também poderão encontrar".

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Mais artigos pelo Jorge Soares

Comentários (23)

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Beyond: Duas Almas - Análise

Os altos e baixos de uma vida a dois.

Beyond: Duas Almas perto dos 3 milhões

Segundo partilha a Quantic Dream.

Beyond: Two Souls 2 não está nos planos da Quantic Dream

Estúdio prefere tomar riscos e trabalhar em novas ideias.

Versões PS4 e PS3 de Beyond: Two Souls entram em confronto

Um vídeo que mostra as melhorias do jogo da Quantic Dream.