A Activision irá ter que pagar, para já, a quantia de 42 milhões de dólares, algo como 32 milhões de euros, aos ex-funcionários do estúdio Infinity Ward, produtores da série Call of Duty: Modern Warfare.

O processo despoletado por um coletivo de ex-funcionários, onde se incluem os fundadores do estúdio Vince Zampella e Jason West, ganha assim novos contornos, e de acordo com o advogado dos ex-funcionários, Bruce Isaacs, "Embora seja um pagamento significativo, é apenas uma pequena parte do que estamos em busca no litígio".

Bruce Isaacs acrescentou, "É ultrajante eles terem-nos feito esperar, e obviamente eles sabiam que deviam o dinheiro e isto apenas mostram que eles romperam com o contrato".

O valor final da indemnização ronda os 75 a 125 milhões de dólares, de acordo com o advogado.

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.