Minecraft bate recordes de vendas no XBLA

Estúdio de Fez irritado com tratamento especial à Mojang.

Minecraft estabeleceu um novo recorde para vendas no dia de estreia para jogos Xbox Live Arcade, segundo anunciado pela Microsoft.

O recorde pertencia a Trials Evolution mas segundo revelado pertence agora a Minecraft e Markus 'Notch' Persson, o criador de Minecraft, revelou que a versão de consola tornou-se rentável apenas uma hora após o lançamento.

No entanto, isto despoletou uma conversa no Twitter na qual o estúdio Polytron, responsável por Fez, sugeriu que a Mojang teve tratamento especial pela Microsoft.

"Como tiveste esses dados da Microsoft?", perguntou o pessoal da Polytron. "Ainda nem sabemos quanto Fez vendeu quase um mês depois. Recebes dados em 24 horas?"

Notch respondeu, "O quê? A sério? Pensei que fosse procedimento normal! Que treta. :("

O estúdio de Fez diz que o procedimento normal é saberes quanto vendeste quando recebes o primeiro cheque, três ou quatro meses mais tarde. A acrescentar a isto a Polytron diz que a Mojang vai ter direito a disponibilizar atualizações grátis, algo que mais nenhum estúdio foi capaz de fazer.

Quanto a isso Notch respondeu que teve que lutar e que existe um número limite.

Salta para os comentários (14)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

PlayStation apresenta-te as tuas estatísticas de 2021

Qual o jogo que mais horas passaste a jogar?

Phil Spencer deseja manter Call of Duty na PlayStation

Falou com os líderes da Sony sobre a situação.

Revelados primeiros jogos Verificados para o Steam Deck

Death Stranding, Portal 2, Sekiro: Shadows Die Twice, Psychonauts 2 e mais.

Também no site...

Comentários (14)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários