Filme de Halo não aconteceu por causa da Microsoft

Jamie Russell conta a história em detalhe.

Jamie Russell, o autor do livro Generation Xbox: How Videogames Invaded Hollywood, revelou como é que o filme de Halo nunca aconteceu.

O projeto para o filme de halo começou com um screenplay escrito por Alex Garland, conhecido por 28 Days Later e The Beach, ao qual a Microsoft pagou $1 milhão só para essa tarefa. A Microsoft supervisionou a escrita, de forma a ser fiel a universo do jogo.

O passo seguinte foi arranjar um estúdio. A 6 de junho de 2005 a Microsoft invadiu os vários estúdios de Hollywood acompanhada por atores com fatos de Master Chief para tentar fechar um acordo. Os termos da Microsoft eram exigentes, e no final do dia, apenas a Universal e a FOX estavam interessados. Ficou acordado que a Universal iria distribuir o filme em território Norte-Americano e a FOX ficaria com o resto.

Depois a Microsoft queria um grande diretor para o filme, e conseguiu que Peter Jackson fosse um co-produtor ao lado de Peter Schlessel, Mary Parent e Scott Stuber. Jackson queria que Neill Blomkamp, descrito como o seu protegido, e responsável por alguns anúncios para a Nike, dirigisse o filme.

Blomkamp revela que a sua relação com as companhias por detrás do projeto não era a melhor, tendo sido tratado mal pela FOX e pressionado Microsoft, que queria controlar o lado criativo do filme. Para agravar a situação, a Universal investiu $12 milhões para o desenvolvimento preliminar do filme, que foi gasto em vários screenwriters, versões reais das armas do jogo, armaduras e Warthog.

O desenvolvimento do filme estava a decorrer lentamente, e a Universal e Fox começaram a ficar impacientes à medida que os custos aumentavam. Em Outubro de 2006, antes do pagamento aos realizadores e Microsoft, a Universal exigiu que os acordos com os produtores deviam ser reduzidos. Peter Hackson e os co-produtores não aceitaram, e foi assim que o filme de Halo foi por água abaixo.

Larry Shapiro da Creative Artists Agency culpa a Microsoft que recusou a redução do acordo, que segundo a Variety, queria 10 milhões mais 15 porcento das receitas do Box Office, e ainda um orçamento de $75 milhões e uma produção rápida.

Shapiro termina comentando que o filme de Halo poderia ter sido o Avatar.

Salta para os comentários (9)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Cole Cassidy é o novo nome de McCree de Overwatch

Efeitos do processo legal que a Activision enfrenta.

Halo Infinite terá Radeon RX 6900 XT personalizada

O jogo está a ser optimizado para os processadores Ryzen.

DICE revela os restantes Especialista de Battlefield 2042

Também esteve atenta ao feedback recebido da beta.

Também no site...

O que estamos a jogar - 24 Outubro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Cole Cassidy é o novo nome de McCree de Overwatch

Efeitos do processo legal que a Activision enfrenta.

Comentários (9)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários