Autor processa Ubisoft devido a Assassin's Creed

Acredita que as suas ideias foram roubadas.

O autor do livro Link, John Beiswenger, abriu um processo contra a Ubisoft afirmando que a produtora/editora roubou-lhe a ideia para Assassin's Creed.

A problemática está em redor da máquina Animus, que permite aceder às memórias dos antepassados. Em Link existe um sistema que permite exatamente o mesmo, só que o livro foi publicado em 2003, muito antes da chegada de Assassin's Creed.

O livro também contém a temática da religião e criação bem como laboratórios secretos, que são mais alguns pontos em comum entre o livro e o jogo.

No processo Beiswenger menciona outras partes do jogo que infringem os direitos de autor do seu livro e aborda detalhadamente os diferentes jogos da série Assassin's Creed.

Resta esperar para verificar se o processo tem pernas para avançar em frente ou se ficará nesta fase inicial.

Publicidade

Salta para os comentários (34)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Grand Theft Auto Online está cada vez mais popular

Seis anos depois, é uma máquina de gerar dinheiro.

Esta publicidade da PS4 Pro é de chorar

Já alguma vez um videojogo te fez chorar?

Comando Xbox Elite Series 2 já disponível por 180€

Total controlo sobre a tua experiência de jogo.

Também no site...

Comentários (34)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários