A série Devil May Cry é conhecida pelo seu combate estiloso e pela grande variedade de movimentos e combinações que é possível.

Em DmC Devil May Cry, a Ninja Theory não pretende que essa marca da série desapareça. Em conversa com a Gametrailers, Tameem Antoniades disse que apesar do jogo ser mais acessível, não significa que tenha sido simplificado.

"Normalmente, quando as pessoas mencionam acessível, está implícito que está simplificado. Queremos assegurar que esse não é o caso, estamos a colaborar com a Capcom japonesa no sistema de combate e a introduzir dos os elementos pelo qual DMC é conhecido."

"Todos os elementos familiares para os jogadores hardcore como jump-cancelling, enemy step e parrying, estão todos incluídos. A ideia é que mesmo que acabes o jogo, na segunda vez ainda vais descobrir mais movimentos, habilidades e formas de jogar," concluiu Antoniades.

DmC Devil May Cry foi um dos jogos presentes no Captivate 2012, mas uma data de lançamento ficou por revelar.

Publicidade

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Mais artigos pelo Jorge Loureiro