CEO Take-Two pede desculpas sobre THQ

Sobre o desaparecimento da THQ em seis meses.

Depois de ter dito que a THQ não vai estar cá daqui a seis meses, o CEO da Take-Two decidiu pedir desculpas e evitar que o assunto escale e se torne numa guerra de palavras.

Strauss Zelnick comentou o modelo de negócio da THQ e que deveria apostar mais na qualidade dos seus produtos, prevendo que os erros cometidos pela companhia iam fazer com que esta desaparecesse em menos de seis meses.

Agora Zelnick pede desculpas sobre os seus comentários e diz mesmo desejar não os ter feito.

"Ao discutir a nossa estratégia falei sem necessidade sobre a de outros. Foi inapropriado e arrependo-me de o ter feito."

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários