CD Projekt pára perseguição aos piratas

Reconhece que pode estar a acusar alguém injustamente.

A CD Projekt parou a sua perseguição aos piratas de The Witcher 2: Assassins Of Kings.

Como revelado anteriormente, a produtora enviou cartas a exigir um pagamento de 911.80€ às pessoas que tinham pirateado o jogo.

No entanto, a CD Projekt mudou de ideias porque poderá haver a possibilidade de estar a acusar alguém injustamente.

A CD Projekt terminou fazendo um apelo aos jogadores: "A menos que suportes os produtoras dos títulos que jogas, a menos que pagues por esses jogos, não poderemos fazer novos títulos excelentes para ti."

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Tu não entendes os NFTs, diz a Ubisoft

A resistência deve-se à falta de conhecimento.

Artigo | Quais os melhores jogos de sempre da Xbox 360?

A consola mais vendida de sempre da Microsoft.

Death Stranding Director's Cut já tem data de lançamento no PC

Quem comprou a versão original faz upgrade por €9.99.

Também no site...

Vídeo | Lootbox #45 LIVE - Em direto com a comunidade

Junta-te a nós pelas 15h de Portugal, 12h no Brasil.

Artigo | Quais os melhores jogos de sempre da Xbox 360?

A consola mais vendida de sempre da Microsoft.

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários