Kojima relembra Metal Gear Solid 4

E confessa que o jogo ficou muito cinematográfico.

Numa série de entrevistas com a revista Oficial PlayStation, Hideo Kojima falou sobre a produção do seu último jogo, Metal Gear Solid 4, e de como ele se tornou no jogo mais cinematográfico da série.

"Uma das coisas que eu queria fazer não era mostrar apenas gráficos bonitos, mas representar coisas que normalmente não podes ver. Por isso por exemplo, se queimares algo os químicos afetam outras coisas, ou se a água for derramada na relva, há-de haver um momento em que talvez uma flor irá crescer e florescer. São coisas que normalmente não tinham sido mostradas num jogo".

No entanto parece que Kojima não conseguiu cumprir com tudo aquilo que tinha em mente para o quarto t+itulo da série.

"Sinto que talvez não tenha conseguido cumprir com tudo aquilo que tinha preparado fazer quando comecei a trabalhar no jogo. Olhando para trás, puxámos mais pelos gráficos do que por outras coisas que queríamos fazer. Dessa perspectiva tornou-se num jogo parecido com um filme - ele tem essa reputação de ser como um filme na forma de um jogo. Do modo como foi feito, talvez tenha sido um passo em falso, eu podia ter dado prioridade a outras coisas. Isso é algo que aprendi com o 4."

Publicidade

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários