Activision: Jogos e cinema, dois pesos duas medidas

Compara Modern Warfare 3 com filme Estado de Guerra.

Os conteúdos mostrados nos ecrãs do cinema por vezes são tão ou mais violentos do que os apresentados no televisor quando se está a jogar.

A série Call of Duty e em particular a sub série Modern Warfare tem vindo a ser o centro de várias polémicas devido a conteúdos como o nível "No Russian" de Modern Warfare 2 ou as cenas de Londres no último jogo.

A Activision afirmou que os jogos não são olhados da mesma forma que o cinema, que tem vindo a ser muito menos criticado quando mostra conteúdos igualmente violentos e até mais realistas.

Eric Hirshberg, CEO da Activision, comparou os conteúdos de Modern Warfare 3 aos do filme Estado de Guerra, que conta uma história de guerra que aposta nas cenas de violência.

"Os produtores não criaram Estado de Guerra como um serviço público, fizeram-no para narrar uma história que precisava de ser contada. Foi uma produção que vendeu bilhetes de cinema e DVDs. E no entanto isso não é visto como uma forma de tirar partido de acontecimentos passados na vida real. É visto como uma interpretação da realidade," explicou ele ao Kotaku.

"O processo criativo de fazer este filme é muito semelhante ao nosso jogo, mas são recebidos de uma forma bem diferente," acrescentou Hirshberg.

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Back 4 Blood recebe trailer dedicado à beta

Já te inscreveste para a luta contra os Ridden?

O que estamos a jogar - 17 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Digital Foundry | Os relatos são verdadeiros - a versão pirata de Resident Evil Village melhora o desempenho

UPDATE: A Capcom diz-nos que devemos aguardar por um patch para resolver o problema.

Também no site...

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários