A Infinity Ward já baniu mais de 1600 utilizadores desde que o novo Call of Duty: Modern Warfare 3 foi posto à venda nas lojas.

A companhia anunciou o feito através do Twitter ao explicar que qualquer tentativa de "truques, glitchs ou hacks não serão tolerados em Modern Warfare 3."

Robert Bowling, responsável pela comunidade, afirmou na sua conta do Twitter que de momento já foram banidas mais de 1600 pessoas e que estão a trabalhar em novas atualizações. Bowling pediu para que os utilizadores avisem quando virem algumas atitudes ilegais durante as suas partidas.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves