Sucesso da 3DS depende mais dos jogos do que preço

Yves Guillemot considera Wii U fantástica.

O CEO da Ubisoft, Yves Guillemot e um dos primeiros líderes de companhias "third party" apostadas na 3DS, admitiu à publicação britânica EDGE que o destino da 3DS será muito mais decidido pelo número de jogos com qualidade para o sistema e não pelo seu preço.

Admitindo que o histórico corte no preço da 3DS durante o mês de Agosto deu à portátil um disparo nas vendas, a recuperação da plataforma irá depender do software disponível.

"Eu acho que é uma questão de existirem jogos suficientes, mais do que preço. Seguramente o preço era demasiado elevado e deu um grande disparo nas vendas quando o alteraram, pelo que foi uma grande ideia."

"Agora vamos ver. Quando tu olhavas para a DS toda a gente dizia: - esta máquina nunca irá vender, e um ano depois descolou. Claro que há contendores - iPhone e outras máquinas - mas muito irá depender do software. Se o software for bom, vai correr bem".

A Nintendo vai apostar forte neste Natal com jogos novos oriundos dos seus estúdios internos, podendo títulos como Mario Kart 7 e Super Mario Land 3D servirem de rampa de lançamento para as "third party" focarem a atenção em novos produtos.

Guilemot disse ainda à EDGE que a Wii U é uma "grande máquina". "O que traz, insisto, é facilidade no jogo. Acho que com a Wii U iremos assistir a mais um passo nessa facilidade e acessibilidade e está muito bem adaptada à socialização. Há imensas possibilidades ligadas à máquina."

Salta para os comentários (1)

Sobre o Autor

Vítor Alexandre

Vítor Alexandre

Redator

Adepto de automóveis é assim por direito o nosso piloto de serviço. Mas o Vítor é outro que não falha um bom old school e é adepto ferrenho das novas produções criativas. Para além de que é corredor de Maratona. Mas não esquece os pastéis de Fão.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (1)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários