Sledgehammer sentiu pressão na produção de MW3

Estúdio deu uma ajuda à Infinity Ward.

Trabalhar em conjunto com a Infinity Ward foi uma grande oportunidade para a Sledgehammer, compromisso esse que não foi levado de ânimo leve

Em entrevista com o Industry Gamers, Michael Condrey, COO e co-fundador da Sledgehammer, contou que, "Seria desonesto se dissesse que não senti pressão. Trabalhar em Modern Warfare 3, com mais de 30 milhões de fãs a pedirem nada mais do que uma sequela espectacular de Modern Warfare 2... sim, sabíamos que teríamos que dar tudo o que tínhamos."

"Sabíamos também que era uma oportunidade de uma vida. Foi uma grande jornada de dois anos e um esforço hercúleo para a equipa."

"Houve muita pressão, mas muita dela fomos nós que pusemos sobre os nossos próprios ombros," acrescentou Glen Schofield, gestor geral da produtora.

"Percebemos que há milhares de fãs aí fora que estão a contar connosco para oferecermos algo que supere Modern Warfare 2. Há tanta gente ansiosa por jogar Modern Warfare 3 que estaria a mentir se não dissesse que nós sentimos alguma pressão."

"Mas nós na Sledgehammer Games adoramos o desafio e vivemos para a pressão. Faz com que façamos o nosso melhor. Penso que aqueles que conseguem viver com a pressão, e que gostam daquilo que fazem, fazem sempre o seu melhor trabalho."

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Vídeo compara Halo Infinite em todas as consolas

Adicionado 1440p 60fps na Xbox One X e retirado 120fps na Series S

O que estamos a jogar - 26 Setembro

E tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Também no site...

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários