Um Assassin's Creed por ano seria o ideal?

Diretor de design da série diz que sim.

No final do ano passado foi lançado Assassin's Creed: The Brotherhood, e agora um ano mais tarde vai ser lançado Assassin's Creed Revelations.

Será que houve tempo suficiente para desenvolver um jogo de qualidade? Segundo Falco Poiker, diretor de design da missões do jogo, a resposta é um redondo sim.

Em declarações à revista EDGE, Poiker contou que, "O ciclo de produção é inferior a um ano, o que na minha opinião é o tempo ideal. Mas muita gente se queixa por causa disso, e estou a referir-me a comentários internos que dizem que não é tempo suficiente."

Segundo Poiker, este tempo de desenvolvimento dá um certo impulso ao estúdio e evita que se criem as indecisões das produções mais prolongada. Para ele menos tempo é sinónimo de maior precisão e capacidade de decisão.

A Ubisoft já revelou que no final do próximo ano será lançado Assassin's Creed III e que após o lançamento do jogo, a série terá um período de descanso.

Salta para os comentários (23)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Among Us terá versões PlayStation e Xbox em dezembro

Chegará ao Xbox Game Pass no dia de estreia.

Halo Infinite terá Radeon RX 6900 XT personalizada

O jogo está a ser optimizado para os processadores Ryzen.

Criador de Gran Turismo fala apaixonadamente de carros num novo vídeo

Mostra como a paixão influencia a sua criação.

Comentários (23)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários