Marca Final Fantasy saiu lesada após FFXIV

Presidente Square promete melhorar jogo.

Yoichi Wada, presidente da Square Enix, falou sobre alguns dos temas mais polémicos dos últimos meses, incluindo os que afetam as duas principais séries da companhia, Final Fantasy e Dragon Quest.

Wada classificou os problemas de Final Fantasy XIV (que atualmente só está disponível para PC) de graves, tanto que "lesaram muito a marca Final Fantasy". As expectativas eram altas para aquele que seria o sucessor de Final Fantasy XI, mas muitos problemas fizeram com que durante o último ano fossem lançadas várias atualizações com a intenção de agradar os jogadores.

"Continuaremos com o nosso trabalho, que é basicamente refazer o jogo, e esperamos ressuscitar Final Fantasy XIV com aquilo que deveria ter sido no seu lançamento," disse Wada.

Segundo os relatórios da conferência, Wada não terá feito menção à versão PlayStation 3, que seria lançada poucos meses após a versão PC.

Dragon Quest X foi também outro dos temas polémicos para a companhia, depois do anúncio da sua orientação como jogo online. Wada referiu que, "não faremos todos os Dragon Quest online. Vamos continuar com uma variedade de projetos, incluindo os online."

Chocobos finalmente a caminho.

Salta para os comentários (20)

Jogos em destaque neste artigo

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (20)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários