id e as vantagens de ser multiplataforma

"Consolas dão mais do que tiram."

Rage, da id Software, vai ser lançado para PC, Xbox 360 e PS3, embora o estúdio estúdio estava habituado a trabalhar apenas nos PC.

Em entrevista com o Ripten, Todd Hollenshead, patrão do estúdio, reconheceu que trabalhar com uma planificação multiplataforma trouxe vantagens ao processo criativo.

"Nós podíamos ter feito algumas coisas diferentes com o id Tech 5 se o jogo saísse apenas no PC. É claro que investimos tempo de desenvolvimento na PS3 e Xbox 360, e isso também nos deu outra perspetiva principalmente com aquilo que fizemos no jogo, que é o melhor jogo que já fizemos."

Hollenshead referiu também que as consolas "dão mais do que tiram", quando se trata de desenvolver um jogo como Rage.

Para além das diferenças técnicas entre as versões PC e consolas, o jogo de ação vai ser lançado em 3 DVDs na consola da Microsoft.

Rage vai ser lançado em outubro no PC, Xbox 360 e PS3.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Microsoft faz questão de esclarecer que a Xbox ganha dinheiro

Apenas perdem com a venda de consolas, mas recuperam com os jogos e serviços.

Elon Musk torna-se Wario em programa de comédia

Um dos homens mais ricos do mundo apresentou o Saturday Night Live.

Dragon Ball Super terá novo filme em 2022

Akira Toriyama fala numa personagem inesperada e estética visual arrojada.

Também no site...

Microsoft faz questão de esclarecer que a Xbox ganha dinheiro

Apenas perdem com a venda de consolas, mas recuperam com os jogos e serviços.

Elon Musk torna-se Wario em programa de comédia

Um dos homens mais ricos do mundo apresentou o Saturday Night Live.

SEGA não confirma Lost Judgment para PC

Não tem nada para anunciar por enquanto.

Dragon Ball Super terá novo filme em 2022

Akira Toriyama fala numa personagem inesperada e estética visual arrojada.

Designer de Metroid Prime não acredita na Trilogia na Switch

Seria um esforço hercúleo converter o terceiro jogo.

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários