Realismo a chave para o sucesso de Call of Duty

Activision relembra jogos correm a 60 fps.

Eric Hirshberg, patrão da Activision Publishing, aproveitou o evento Call of Duty XP para dizer quais as razões para o sucesso da série Call of Duty.

Segundo Hirshberg, o primeiro princípio é o seu "Realismo Épico" quando se trata de narrar conflitos militares oferecendo momentos de grande espanto, o que faz com a imersão do jogador na ação melhore.

O segundo princípio é que a necessidade de oferecer uma grande descarga de adrenalina, tanto no single-player como nos modos multiplayer.

O terceiro princípio de Call of Duty trata-se da característica "Fácil de jogar, difícil de dominar". Ou seja, Call of Duty é um jogo fácil de jogar para o jogador médio, mas vai levar algum tempo até que aprenda a dominar o jogo e a dominar os seus adversários online.

O quarto e último princípio aponta para a tecnologia como ponto que marca a diferença entre Call of Duty e os outros jogos do género. Hirshberg referiu que, "Os 60 frames por segundo, é como uma religião" para os produtores da Activision. É isso que faz com que o jogo seja fluído, e é uma das razões pela qual a experiência de jogo é tão sólida.

O próximo jogo da série será Call of Duty: Modern Warfare 3 que deverá chegar às lojas em novembro.

Salta para os comentários (46)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (46)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários