Ono agradece aos fãs o seu apoio

Sem eles não haveria Street Fighter IV.

Yoshinori Ono é atualmente um dos mais acarinhados e respeitados designers Japoneses nesta indústria pois é alguém que sabe ouvir os fãs e sabe como interagir diretamente com a comunidade de adeptos.

Em entrevista para a 1UP, Ono falou sobre como começou a ouvir diretamente os fãs e quando se apercebeu do quão importante essa interação é.

"Comecei na Capcom com Street Fighter II, trabalhei em Darkstalkers, e trabalhei noutros jogos. Quando tinha uma entrevista com a imprensa e me perguntavam coisas como 'Não sabe o quanto os fãs querem um novo Street Fighter?' É por causa disto que comecei a perceber que existem fãs que merecem ser ouvidos, e eles queriam mesmo um novo Street Fighter."

Ono diz mesmo que sem os fãs não haveria Street Fighter IV, pois foram eles que lhe deram força para entrar no gabinete do presidente e pedir que o jogo fosse feito. É uma dívida de gratitude que tem para com toda a comunidade.

Claro que Ono sabe que ao expor-se em demasiada nem todos gostam dele e acaba por ser alvo de críticas mas tenta responder a todos os fãs, aos que o adoram e aos que o criticam, mas pede que não se esqueçam que é um ser humano.

Publicidade

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Remedy desmente Control no Xbox Game Pass

Diz nada ter para anunciar sobre o jogo no serviço.

Brasileiro Rafael Grassetti desenha Kid Buu e Cell de Dragon Ball

Director de Arte em God of War continua a mostrar o seu talento

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários