PES 2012 • Página 2

Já jogámos e que comece a nova época.

Outro momento em que se nota nitidamente o esforço da Konami em melhorar a inteligência artificial do jogo é no momento defensivo, nomeadamente nos espaços entre linhas. Se repararem, nos jogos anteriores da série existia sempre bastante espaço entre a linha defensiva e a linha do meio campo, com a exceção do trinco, ou se tivéssemos muito tempo sem a posse da bola. Em PES 2012 existe uma marcação zonal muito apertada, exatamente porque a equipa que está a defender automaticamente baixa a linha de meio campo para junto da linha defensiva bastante rápido, encurtando assim os espaços.

As defesas também adotam a marcação homem a homem se for necessário, por exemplo, se tiverem um jogador adversário na sua zona, os defesas encostam nele e procuram seguir os seus movimentos, este aspeto é fundamental para que os avançados façam a tal corrida diagonal para abrir espaços interiores que falamos anteriormente.

1
Colegas de equipa a abrirem as marcações para que possamos entrar na direção da área em drible.

Outra novidade de PES 2012 é o Off the ball control, desenhado especificamente para as bolas paradas. Utilizando o analógico direito podemos selecionar um colega de equipa durante um canto ou um livre, e movimenta-lo livremente para onde desejarmos, depois quando cruzámos a bola ele desmarca-se na direção indicada. De um modo geral pareceu-me uma boa mecânica, já que aumenta a participação do jogador no desfecho das bolas paradas. Ainda assim confesso que não tive grande sucesso com a sua utilização, requer prática.

Os árbitros também tiveram direito a uma inteligência renovada, com o objetivo de aumentar a fluidez de jogo. Ficando a promessa de menos erros no geral, e principalmente menos participação desnecessária no jogo. Por exemplo, no caso de sofrerem uma falta mas conseguirem manter a posse de bola numa posição perigosa, o árbitro utiliza a chamada lei da vantagem para que o jogo continue e o infrator não seja beneficiado.

2
Exemplo das marcações ao homem que as defesas adotam automaticamente.

O controlo dos jogadores pareceu-me francamente mais leve do que anteriormente, principalmente no momento da receção de bola. Claro que a qualidade da receção continua a depender muito da qualidade do passe manual que permanece semelhante ao de PES 2011, contudo, adorei a possibilidade de realizar aquilo que no futebol se chama “receção orientada”, ou seja, ao mesmo tempo que realizamos a receção, temos o corpo já inclinado e orientado para a direção que desejamos seguir. Não é que isso não fosse possível nos PES anteriores, simplesmente é muito mais agradável e fluido em PES 2012.

Em termos visuais nota-se já uma franca melhoria em relação aos PES anteriores, com ênfase nos efeitos de luz e nas texturas, nada de particularmente deslumbrante, mas já bastante polido, principalmente considerando que se trata de uma versão ainda em desenvolvimento. Os equipamentos em particular parecem ter recebido uma maior atenção e têm já um aspeto muito bom. A versão que jogamos apenas permitia jogar em Camp Nou (a casa do Barcelona), confesso que não consegui reparar bem mas prometeram-nos que uma das preocupações em PES 2012 foi no sentido de dar mais vida aos estádios, principalmente mais cor e mais luz.

3
Um companheiro procura posição para tabelar, depois faz uma diagonal para arrastar um adversário.

Por último contem também com algumas animações novas, e uma melhoria substancial daquelas já existentes para os jogadores em geral. Os guarda-redes em particular captaram a minha atenção com algumas defesas de belo efeito, mas mesmo no drible e nos cortes de bola (os carrinhos em particular) dos restantes jogadores nota-se o trabalho da equipa de animação da Konami.

Tal como se previa este vai ser um ano de muita luta dentro dos simuladores de futebol, fiquei francamente impressionado com o novo sistema de IA de Pro Evolution Soccer 2012, o que prova mais uma vez que uma concorrência a sério é a melhor amiga dos consumidores. Ainda falta algum tempo, e as versões que temos vindo a experimentar ainda são muito “verdes” para tirar maiores conclusões. Foi pena nada ter sido revelado em relação a novidades sobre licenças ou o modos de jogo, nomeadamente para o online, mas o facto da principal preocupação da Konami para este ano ter sido o sistema de inteligência artificial merece para já a nossa expectativa.

PES 2012 será lançado no final do ano para a PlayStation 3, Xbox 360, PC, Wii, PSP e PS2

Salta para os comentários (41)

Sobre o Autor

Aníbal Gonçalves

Aníbal Gonçalves

Redator  |  Darthyo

MMOs e RPG são com o Aníbal. Aliás existe um rumor na redação que a sua primeira casa é o World of Warcraft. Mas às vezes também o vemos a fazer uns exercícios. Não é mau de todo.

Conteúdos relacionados

Gran Turismo 7 mostra-se num novo vídeo gameplay

Uma volta completa na icónica Deep Forest Raceway.

FUT 22 - Renato Sanches destacado para celebrar a Black Friday

As melhores transferências dos últimos tempos transformadas em novas cartas.

Primeiro vídeo gameplay de GRID Legends

Será já amanhã. Assistam aqui em direto.

Cristiano Ronaldo eleito como um dos melhores da Champions em FUT22

Os melhores da Fase de Grupos chegam ao jogo.

Também no site...

Comentários (41)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários