A vertente multijogador é nos dias de hoje uma obrigatoriedade em qualquer jogo, seja ele de que género for. Uncharted não foge à regra, e com esta terceira incursão pelas aventuras de Nathan Drake a Naughty Dog procura melhorar essa experiência com novas funcionalidades, novos desafios e novas vivências para os jogadores. Resumindo, é um modo em que a quantidade é a imagem de marca deste multijogador de Uncharted 3: Drake's Deception, pegando é claro no que já tinha sido feito anteriormente e acrescentando algo mais.

Mas nem sempre a quantidade é sinonimo de qualidade. Não quero dizer que seja esse o caso, muito pelo facto de apenas estarmos na presença de uma beta que apenas nos permite jogar em dois mapas, Chateau e Airstrip. Mas estamos de facto na presença de um jogo mais maduro na sua vertente multijogador. O jogo permite agora personalizar um maior número de aspetos, abrindo também novas formas de abordar cada desafio.

O que salta logo à vista é a enorme personalização que o jogo permite, desde a modificação dos personagens até às diversas configurações das armas. Podemos alterar o aspeto físico tanto dos heróis como dos vilões, adicionando novos fatos e até adereços. Relativamente às armas, podemos agora criar diversos loadouts que ficam memorizados para podermos escolher qual o que mais se adequa ao modo e como vamos abordar o jogo. Ainda relativamente às armas, todas elas têm mods que melhoram a sua eficácia, esses mods são desbloqueados à medida que vamos subindo de nível.

Além dos mods para as armas, temos dois Boosters e um Medal Kickback. Os Boosters são permanentes e permitem adicionar novas funcionalidades/melhorias à nossa personagem, estes vão desde a diminuição do tempo de recuperação do sprint, passando pelo poder da invisibilidade, até recolher munições dos corpos inimigos. O Medal Kickback é uma espécie de Killstreak, em que a sua ativação no jogo é influenciada pelo número de medalhas que vamos conquistando.

Muitas destas novas possibilidades vão de encontro ao que já vimos em jogos como Call of Duty e muitos mais. No universo multijogador de Uncharted muitas delas são novidade, mas os jogadores já experimentados em jogos multijogador vão achar essas novidades muito familiares. Mas não deixa de ser uma melhoria, acrescenta mais opções ao jogo, prolongando assim a sua longevidade e aprimora a experiência de jogo.

Como já referi, esta beta apresenta apenas dois mapas, Chateau e Airstrip, tanto para o modo competitivo como para o cooperativo. Chateau é para mim o mapa mais bem conseguido, é belo e muito bem construído, não é confuso e é fácil a sua memorização. Airstrip é menos esplendoroso, algo confuso e com muitas áreas onde o inimigo pode vir de qualquer lado. Ambos os mapas possuem níveis verticais a serem explorados, são mapas que podem ser abordados de múltiplas maneiras.

Publicidade

Sobre o Autor

Adolfo Soares

Adolfo Soares

Redator e editor EGTV

É o nosso homem do PC, por isso qualquer coisa é com ele. É também responsável pelos vídeos da Eurogamer, bem como dá uma perna nas notícias.

Mais artigos pelo Adolfo Soares

Comentários (21)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários

Conteúdos relacionados

Uncharted 3: Drake's Deception - Análise

Confronto dos íntimos receios de Drake.

Filme de Uncharted está perto da produção, afirma realizador

Tom Holland é o escolhido para ser Nathan Drake.

Série Uncharted celebra 10 anos de existência

A Naughty Dog vai celebrar com os fãs.

Últimas

Devil May Cry 5 terá tema criado por Hyde

Vocalista dos L'Arc~en~Ciel colabora novamente com a série.

CS: GO bombardeado de análises negativas no Steam

Alguns jogadores não ficaram contentes com a mudança para free-to-play.

Call of Duty: Black Ops 1.09 traz novo especialista e mudanças no mapa de Blackout

Treyarch continua a melhorar o jogo com o feedback dos jogadores.

Monster Hunter: World a 25€ na Xbox Store

Mirror's Edge: Catalyst a 5€.

Publicidade