Katsuhiro Harada fala sobre Tekken

Tekken Tag Tournament 2, Tekken 3DS, Tekken Wii U.

Katsuhiro Harada, o carismático criador e produtor da série Tekken, esteve presente no recinto da Namco Bandai na E3 para apresentar todas as novidades sobre o futuro da sua aclamada série. Quando digo todas as novidades quero mesmo dizer todas as novidades, pois não só de Tekken Tag Tournament 2 Harada falou mas também de Tekken 3DS, Tekken Hybrid, o novo disco Blu-ray que contém um filme em CG, Tekken: Blood Vengeance, e a remasterização em alta definição do Tekken Tag Tournament original. Foram cerca de 40 minutos durante os quais tivemos a oportunidade de ver um trailer do novo filme e do trabalho feito no clássico que o acompanha, de jogar Tekken Tag Tournament 2 na sua versão Arcade, sim estava mesmo lá uma disponível para ser jogada, e ainda tivemos na mão a demonstração técnica de Tekken 3DS que certamente vai dar que falar.

Para começar então a falar do futuro da série Tekken vamos por partes, começando primeiramente por falar sobre Tekken Tag Tournament 2, que sinceramente deixou-me bastante animado quanto ao que está a ser desenvolvido. Confesso que Tekken 6 ficou bastante abaixo das minhas expectativas e considero que se afastou um pouco do seu foco principal, o facto de ser um jogo de luta com um sistema altamente profundo que exige dedicação do seu jogador, mas Tag Tournament 2 já parece ostentar todo aquele espírito próprio da série Tekken que vibrava tão fortemente na geração original da PlayStation e na segunda geração de consolas da Sony.

1
TTT2 parece ostentar a loucura e irreverência de outrora. O próprio Harada gosta especialmente de Heihachi, vá-se lá saber porquê!

Tekken Tag Tournament 2 é um jogo que promete ser tudo aquilo que Tekken 6 deveria ter sido, um título focado na essência de Tekken e com toda aquela irreverência e humor colocados no sítio certo. Como tradicionalmente acontece na série, vai apresentar novos lutadores e apesar de estarem disponíveis para serem jogados, mais informações sobre eles só mesmo mais tarde pois o tempo que tive com o jogo foi limitado. No entanto, tive a oportunidade de utilizar JC, a nova lutadora de Wrestling, ao lado de Jin, e esta atesta completamente a continuada filosofia de Tekken, a de oferecer uma crescente lista de diferentes estilos de luta que oferecem altas variações e distintas nuances na jogabilidade.

Tekken 6 é já um jogo de 2007, apesar de só ter chegado às consolas em 2009, e sendo Tekken Tag Tournament 2 um jogo de 2011, quisemos saber quais as grandes melhorias e novidades que a equipa quis implementar na série após estes cerca de 4 anos. Harada explicou que não é tanto o que a equipa quis mas mais o que os fãs queriam. O foco foi aí colocado dado que a base de fãs é vasta e muitos são novos fãs que chegaram recentemente à série. Muitos fãs mais novos pediam mais personagens e Tekken Tag Tournament 2 tem o maior número de personagens entre qualquer jogo da série.

Além disso os fãs pediram mais interação com os cenários, o resultado disso são paredes quebráveis, chão que se parte e pontos nos quais quando uma personagem é para lá atirada o nosso parceiro entra para continuar o combo. Existem também momentos em que as personagens podem ficar com os seus fatos estragados, quando atirados por uma parede por exemplo, e efeitos como veneno que é cuspido ou sangue que fica na roupa das personagens e muda o seu aspeto.

Outro dos pontos importantes ao qual foi dada especial atenção foi à música do jogo. Membros do departamento que trabalhou na banda sonora do original regressaram à equipa e refizeram algum do seu trabalho. Por isso podem contar com novas versões dos espantosos temas que marcaram presença no original, assim como novos temas dentro do estilo que já se tornou característico na série.

2
Visualmente TTT2 está impressionante. Ambientes e personagens detalhados e altamente colorido.

Um dos desejos pessoais de Katsuhiro Harada foi a implementação das quatro personagens ao mesmo tempo no ecrã. No original, as equipas tinham dois membros cada uma, mas apenas dois lutavam e surgiam no ecrã ao mesmo tempo. Agora Harada quis mais poder desta vez do motor gráfico, pois é preciso ter o dobro do poder para ter quatro personagens ao mesmo tempo no ecrã. Mas isto não se resume apenas ao aspeto e aos visuais do jogo, mas também à própria jogabilidade. Agora temos novas mecânicas de jogo como o Tag Assault que permite duas personagens no ecrã ao mesmo tempo a atacar o oponente. Isto é algo com o qual a equipa pretende dar maior profundidade ao jogo mas de momento nada mais avança mas promete novidades para o futuro.

Visualmente Tekken Tag Tournament 2 mostra uma boa dose de evolução sobre Tekken 6 e ainda bem pois este deixou um sabor amargo na boca quando chegou. Mais do que melhorar a qualidade visual das personagens e cenários em si, a equipa também recorreu ao motor Havoc para melhorar elementos como as roupas dos personagens, com partes que se movimentam, e elementos dos cenários como bandeiras que existem ao longo dos cenários. Para além disso, ao jogar foi possível constatar que TTT 2 continua tão fluído e dinâmico quanto nos deu a conhecer nos seus melhores anos.

Tekken Tag Tournament ficou ainda conhecido pelo seu mini jogo baseado no Bowling e para a sequela Harada não pretende igualar mas sim subir a parada. Assim sendo, em Tekken Tag Tournament 2 vamos ter voleibol de praia pois foi algo bastante pedido à equipa e como vamos ter o regresso do Bowling na versão HD de TTT, a equipa pode oferecer as duas coisas e deixar os fãs ainda mais contentes.

Convém relembrar que Tekken Tag Tournament 2 vai ser lançado no próximo Outono na sua versão Arcade e por enquanto nada se sabe sobre as versões de consola. Possivelmente só mesmo em 2012, mas Harada não sabe o que vai acontecer no futuro. Especialmente tendo em conta que dizem que o mundo vai acabar no próximo ano, como brincou o próprio.

Publicidade

Salta para os comentários (2)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

ArtigoRiot Games quer "expandir o Universo de LoL ao criar jogos indie de elevada qualidade"

Leanne Loombe explica-nos numa entrevista o que é a Riot Forge.

Brasileiro Rafael Grassetti desenha Kid Buu e Cell de Dragon Ball

Director de Arte em God of War continua a mostrar o seu talento

Nintendo Switch bate recordes da Nintendo em Portugal

Vendas em 2019 já superaram as de 2018.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

Também no site...

Nintendo Switch bate recordes da Nintendo em Portugal

Vendas em 2019 já superaram as de 2018.

Estúdios third-party podem agora criar jogos de League of Legends

Riot Games abre o seu universo a outros produtores.

ArtigoRiot Games quer "expandir o Universo de LoL ao criar jogos indie de elevada qualidade"

Leanne Loombe explica-nos numa entrevista o que é a Riot Forge.

The Game Awards 2019 contará com 10 anúncios inéditos

"Coisas das quais ainda não ouviste falar".

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários