The Lord of the Rings: War in the North

Universo de Tolkien ainda mais vasto.

Conversamos com Michael de Plater, diretor criativo da Snowblind, estúdio responsável pelo anunciado RPG de ação inspirado no mundo de O Senhor dos Anéis, War In the North. O tema principal da conversa foi Beleram, uma águia gigante que funcionará quase como um quarto membro da nossa irmandade, e será jogável, ainda que de forma limitada. Claro que este não foi o único tema de discussão, conseguimos saber mais detalhes acerca da história, do sistema de combate, das habilidades dos heróis e da forma como estas encaixam no modo cooperativo que serve de bandeira a Lord of the Rings: War in the North.

Antes das perguntas, Michael fez uma breve apresentação do jogo e das suas principais características, começando por lembrar a rica herança que caracteriza a Snowblind, com jogos como Baldur´s Gate – Dark Alliance ou Champions of Norrath, títulos essencialmente focados no combate. Neste sentido, War in the North será um RPG de ação clássico, concentrado nos pilares típicos deste tipo de jogos, o combate e as recompensas (loot), aliados a um modo cooperativo que parece ser o principal aspeto deste novo RPG ao estilo Hack and Slash. Controlamos uma irmandade de três personagens distintas e que são o núcleo da aventura, humano (Dúnedain), elfo (Elf) e Anão (Dwarf). Todos eles com diferentes habilidades, e que vão exigir muito trabalho em equipa e tática para superar os obstáculos do jogo.

Ao contrário dos títulos anteriores da série que eram baseados na linha narrativa dos três filmes da série O Senhor dos Anéis, War in the North concentra-se numa base mais ampla, bebendo inspiração de todo o universo de Tolkien representado nos seus livros. Por último, o facto de ser o primeiro jogo da série O Senhor dos Anéis classificado com Mature rating, ou se quiserem, com conteúdo para adultos, permitirá pelas palavras de Michael de Plater, uma melhor representação do universo da série, com membros a voar e muito sangue à mistura.

1
Farin a espalhar justiça indiscriminadamente.

Eurogamer: Em que altura da história se desenrola o jogo considerando os filmes, e onde é que os personagens do jogo encaixam na história?

Michael de Plater: O mundo de Tolkien é extremamente rico, podes simplesmente pegar numa pequena referência e construir uma história a partir desse ponto. Existe literalmente um mundo similar à terra que podemos explorar. No jogo, as nossas personagens funcionam como uma irmandade distinta, enviada ao mesmo tempo que Frodo e as outras personagens que conhecemos dos filmes. Sendo um jogo inspirado na linha narrativa do Senhor dos Anéis, tivemos a possibilidade de retirar inspiração tanto dos filmes, como dos livros da série, para criar uma história completamente original. Pegando nos eventos que cobrem toda a Terra Média, decidimos nos concentrar no que se passou na frente de guerra da fronteira do norte, onde vamos enfrentar os exércitos comandados por Agandaur, tenente chefe de Sauron nas terras do norte. Agandaur e o seu exército são um grupo que não aparece nos filmes, mas que tem um papel importante na história da Terra Média, assim, ele será o principal inimigo, e a base para a linha narrativa do jogo.

Eurogamer: Seremos capazes de jogar com um amigo em modo split-screen (ecrã dividido), online, ou mesmo numa combinação de ambos?

Michael de Plater: Sim, os jogadores ficarão entusiasmados em saber que nós apoiamos completamente um modo cooperativo na mesma consola com o ecrã dividido. Também poderão jogar com um terceiro membro online. Portanto dois a jogar na mesma consola, e um outro numa consola ligadas através da rede. O nosso objetivo é oferecer bastante flexibilidade para que os jogadores possam escolher como querem jogar em qualquer altura.

Também existirá um modo single player que dará aos jogadores a possibilidade de jogarem sozinhos ao seu próprio ritmo. Tu jogas com a tua irmandade inteira sozinho, e depois podes pegar em qualquer um dos membros da tua equipa e ir jogar online com os teus amigos.

Publicidade

Salta para os comentários (3)

Sobre o Autor

Aníbal Gonçalves

Aníbal Gonçalves

Redator

MMOs e RPG são com o Aníbal. Aliás existe um rumor na redação que a sua primeira casa é o World of Warcraft. Mas às vezes também o vemos a fazer uns exercícios. Não é mau de todo.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários