A guerra parece ter consequências até mesmo quando é praticada virtualmente. Ainda agora passaram pouco mais de 24 horas desde que foi publicado o primeiro trailer de Call of Duty: Modern Warfare 3 e o Daily Mail, já está a criar polémica.

O jornal destaca as semelhanças entre as cenas do jogo que se passam em Londres e o ataque terrorista que a cidade sofreu no dia 7 de julho de 2005.

"Um jogo de computador ultra violento que apresenta explosões e cenas de destruição no metropolitano de Londres e no Parlamento será lançado este ano. Os que apoiam as vítimas afectadas pelos ataques suicidas de 7/7 estão a pedir que Call of Duty: Modern Warfare 3 seja proibido," publicou o jornal britânico. O artigo mostra imagens do jogo comparando-as com os cenários reais.

Call of Duty: Modern Warfare 3 vai chegar às lojas a 8 de novembro. Até lá esperem mais polémicas que certamente irá fazer com que o jogo esteja na boca de todo o mundo.

Publicidade

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Mais artigos pelo Luís Alves