Rage não tem multiplayer competitivo?

id Software explica porquê.

O muito aguardado Rage da id Software não irá seguir as tendências actuais dos FPS e apostar no multiplayer competitivo.

Na realidade, Rage irá contar com essa componente, só que será bastante diferente de tudo o resto. Em vez de andarem a matar outros jogadores no online, em Rage irão combater com veículos.

Mas porque razão o multiplayer irá ser deste género? A id Software explica.

"Não foi uma resposta que veio facilmente. Houve claro muitos a dizerem 'Bem, temos que fazer um multiplayer competitivo porque somos a id.' Se voltares um pouco atrás, quando estávamos a falar sobre produzir Rage, não estávamos realmente a produzir Rage, estávamos a fazer outra coisa," disse Jason Kim, o produtor.

"Depois, à medida que a tecnologia evoluiu... começamos a fazer um jogo, e o John (Carmack) disse 'essa tecnologia é velha, estamos a fazer coisas novas e temos que pensar como iremos fazer um jogo em redor disso'. Por isso tínhamos um objectivo de alto nível no princípio, e quando começamos a interagir com essas coisas todas, uma questão foi levantada 'vamos realmente explorar esta tecnologia ao máximo?', e a resposta foi não. Então perguntamos 'o que iremos fazer?' e foi assim que surgiu Rage."

"Optámos por veículos, queríamos conduzi-los pelos terrenos baldios, queríamos por armas neles, queríamos destruir coisas. O John elevou os limites da tecnologia, nós queríamos elevar os limites no design e arte. Pegamos nessa mentalidade e queríamos elevá-la ainda mais na componente online. Já tínhamos feito antes um multiplayer competitivo. Tivemos alguns sucessos e alguns falhanços. Mas queríamos afirmar as nossas convicções e dizer que Rage é algo diferente."

"Então pegámos nessa ideia, e pensamos: vamos usar a ficção, vamos usar os veículos, vamos fazer uma componente online que as pessoas não estão à espera. E foi assim que chegámos a este modo de combate de veículos rally."

Rage chega a 15 de Setembro para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

Salta para os comentários (8)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Microsoft faz questão de esclarecer que a Xbox ganha dinheiro

Apenas perdem com a venda de consolas, mas recuperam com os jogos e serviços.

Elon Musk torna-se Wario em programa de comédia

Um dos homens mais ricos do mundo apresentou o Saturday Night Live.

Dragon Ball Super terá novo filme em 2022

Akira Toriyama fala numa personagem inesperada e estética visual arrojada.

Também no site...

Microsoft faz questão de esclarecer que a Xbox ganha dinheiro

Apenas perdem com a venda de consolas, mas recuperam com os jogos e serviços.

Elon Musk torna-se Wario em programa de comédia

Um dos homens mais ricos do mundo apresentou o Saturday Night Live.

SEGA não confirma Lost Judgment para PC

Não tem nada para anunciar por enquanto.

Dragon Ball Super terá novo filme em 2022

Akira Toriyama fala numa personagem inesperada e estética visual arrojada.

Designer de Metroid Prime não acredita na Trilogia na Switch

Seria um esforço hercúleo converter o terceiro jogo.

Comentários (8)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários