Criador de Mortal Kombat defende pass online

"É necessário para os jogos, ponto final."

Caso ainda não saibam, Mortal Kombat aderiu ao polémico sistema da pass online, em que é necessário introduzir um código para aceder à componente online do jogo.

O criador da série, Ed Boon, defendeu o sistema dizendo que "é necessário para os jogos, ponto final."

"Quando vendemos um jogo, precisamos de recuperar o custo de produção. Estes jogos custam muitos milhões de dólares a produzir. Se alguém está a re-vender o nosso jogo e não partilham os lucros, precisamos de fazer algo para proteger o nosso investimento," disse Boon à Eurogamer.net.

Se comprarem uma cópia usada de Mortal Kombat, poderão jogar dois dias online. Depois desse período, será pedido para introduzirem o código. Caso não o tenham, precisam de o comprar.

"Quem compra o jogo pela primeira vez recebe o online de graça. Recebes o jogo completo. Alguém que comprou o jogo por cerca de $20, sentimos que não pagou o preço completo pelo jogo."

"As pessoas que apenas alugam jogos ou apenas compram usados, passam mais jogos num curto espaço de tempo. Para continuarmos a fazer jogos, precisamos de receber o suficiente. Esta é a motivação."

Alguns concordam e outros discordam. O que é certo é que Mortal Kombat chega daqui a dois dias.

Salta para os comentários (34)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

PlayStation acredita que consolas como a Xbox Series S não têm grandes resultados

Consolas com especificações mais fracas não conquistam os jogadores.

ArtigoComo o PS Plus ajudou Fall Guys a tornar-se num sucesso

A melhor ferramenta de marketing para um estúdio pequeno.

Sony tenta prever interesse na PS5 Digital Edition após o modelo esgotar rapidamente

Jim Ryan diz que estão a tentar prever o rácio de interesse em cada modelo.

PS5 não inclui retrocompatibilidade com jogos PS3, PS2 e PS1

Os esforços da Sony foram para outros elementos.

Patente revela possível menu da PS5

Interface repleta de informação complementar.

Também no site...

ArtigoComo o PS Plus ajudou Fall Guys a tornar-se num sucesso

A melhor ferramenta de marketing para um estúdio pequeno.

Sony tenta prever interesse na PS5 Digital Edition após o modelo esgotar rapidamente

Jim Ryan diz que estão a tentar prever o rácio de interesse em cada modelo.

Patente revela possível menu da PS5

Interface repleta de informação complementar.

PS5 não inclui retrocompatibilidade com jogos PS3, PS2 e PS1

Os esforços da Sony foram para outros elementos.

RTX 3080 à venda no eBay por 21 mil euros

Existem preços mais meigos.

Comentários (34)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários