David Cage: "Indústria precisa de mais ambição"

Compara com o teatro, cinema e pintura.

David Cage da Quantic Dream, acredita que a indústria tem que ser mais ambiciosa se quer começar a cativar os que não são jogadores.

Em entrevista para a CVG, Cage disse que , "Eu abordo os videojogos da mesma forma que abordo o teatro, cinema, poesia ou pintura. Desejo que mais pessoas assumissem esse ponto de vista. Iria ajudar a indústria a avançar."

Cage confessa ainda que não diz nada disto para procurar destaque ou para soar mais esperto que os outros, ele diz isto porque realmente se preocupa com a indústria. Cage aproveitou ainda para falar sobre comandos e sobre como o Dualshock pode ser o fim de uma era.

"Talvez existam mais aparelhos no futuro próximo na mesma direcção (que o PlayStation Move) mas que funcionem ligeiramente diferente para abrirem novo caminho. Posso ver claramente como o DualShock é o final de uma era e precisamos de passar para outra coisa enquanto uma indústria."

O homem de Heavy Rain disse ainda que, "Não sei se o Kinect ou o Move são a melhor resposta. Cabe aos criadores de consolas trazes um novo aparelho. Mas algo vai acontecer, com sorte cedo."

Publicidade

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários