David Cage: "Indústria precisa de mais ambição"

Compara com o teatro, cinema e pintura.

David Cage da Quantic Dream, acredita que a indústria tem que ser mais ambiciosa se quer começar a cativar os que não são jogadores.

Em entrevista para a CVG, Cage disse que , "Eu abordo os videojogos da mesma forma que abordo o teatro, cinema, poesia ou pintura. Desejo que mais pessoas assumissem esse ponto de vista. Iria ajudar a indústria a avançar."

Cage confessa ainda que não diz nada disto para procurar destaque ou para soar mais esperto que os outros, ele diz isto porque realmente se preocupa com a indústria. Cage aproveitou ainda para falar sobre comandos e sobre como o Dualshock pode ser o fim de uma era.

"Talvez existam mais aparelhos no futuro próximo na mesma direcção (que o PlayStation Move) mas que funcionem ligeiramente diferente para abrirem novo caminho. Posso ver claramente como o DualShock é o final de uma era e precisamos de passar para outra coisa enquanto uma indústria."

O homem de Heavy Rain disse ainda que, "Não sei se o Kinect ou o Move são a melhor resposta. Cabe aos criadores de consolas trazes um novo aparelho. Mas algo vai acontecer, com sorte cedo."

Salta para os comentários (4)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

9 jogos indie anunciados para a PS5 / PS4

Shuhei Yoshida quer que a consola seja o melhor sítio para jogar indies.

Kojima trabalha em novo conceito e fãs acreditam que é sequela de Death Stranding

Um desenho na secretária dele está a gerar especulação.

Também no site...

Comentários (4)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários