Exclusivo: Entrevista LittleBigPlanet 2 • Página 2

O grande mundo de Mark Healey.

Eurogamer Portugal: O adiamento do jogo para este ano foi devido a que factores? Para incluir novas funcionalidades? Polir o aspecto do jogo?

Mark Healey: De forma simples, para o terminar – simplesmente não estava pronto! Não foi um caso de termos um jogo terminado e querer adicionar mais – simplesmente não estava pronto para ser lançado, como uma casa sem telhado.

Eurogamer Portugal: A comunidade é um dos factores mais importantes na marca LittleBigPlanet. Esperavam, mais uma vez, serem surpreendidos pelas criações dos jogadores?

Mark Healey: "Esperavam ser surpreendidos" parece uma contradição! Estamos muito confiantes que a comunidade vai fazer algumas verdadeiras obras de arte – o teste beta já nos deu um gosto do que está para vir. O que adoraria ver é uma análise completa de um jogo feito em LBP2 que consegue uma pontuação maior do que o próprio LBP2... como isso seria fixe!

Eurogamer Portugal: LittleBigPlanet2 não é só um jogo; é uma plataforma para criar jogos. Porquê dar estas ferramentas aos jogadores?

Mark Healey: Porque existe uma verdadeira fome sobre isso! Existem muitas pessoas por aí fora simplesmente a explodir com criatividade, e é a missão da Media Molecule neste planeta de ajudar a facilitar essa energia, e ajudar amigos do tipo criativo a manifestarem as suas imaginações para outros desfrutarem.

Eurogamer Portugal: A história foi um dos aspectos mais criticados do jogo, o que podemos esperar desta vez?

Mark Healey: Colocamos muito mais esforço na história desta vez – fazendo total uso das ferramentas de criação de filmes que agora são parte do leque criativo, por isso contem ver algumas sequências bem malucas, e personagens malucos numa história que te leva a salvar o cosmos inteiro de uma enorme maléfica abominação chamada de ´Negativatron´, muito possivelmente a mais espantosa maléfica personagem que alguma vez concebemos.

Eurogamer Portugal: Vimos que alguns Sackboys têm um tipo de personalidade. Podemos esperar diferentes personalidades?

Mark Healey: É agora possível adicionar Sackbots com I.A., o que pode facilmente ser preparado para ter todo o tipo de comportamentos, por isso sim, esperem ver todo o tipo de loucuras.

Eurogamer Portugal: É importante para vocês desenvolver numa plataforma como a PS3?

Mark Healey: Bem, a resposta curta a isso é sim. Bem cedo queríamos escolher uma plataforma para nos concentrarmos, para podermos usar completamente a sua tecnologia – quando crias jogos para múltiplas máquinas, acabas por comprometer, porque todas têm diferentes forças e fraquezas. Optamos pela PS3 por causa de todos os chips entusiasmantes dentro dela – LBP não teria sido realmente possível em qualquer outra existente máquina na altura.

Eurogamer Portugal: Na vossa perspectiva, para onde vão levar LBP em termos de arte e design? Preferem manter uma postura conservadora ou pretendem dar uma nova direcção à série?

Mark Healey: Nunca pensei na arte e design de LBP como sendo conservadora – Penso que é muito original e destaca-se da multidão. Também é possível criar muitos aspectos diferentes dentro das ferramentas de criação, por isso a comunidade vai-te responder a essa questão a seu tempo!

Eurogamer Portugal: O que pensam sobre o PlayStation Move, para jogos como LBP?

Mark Healey: É perfeito. Estou mesmo ansioso para quando lançarmos o nosso pacote de conteúdos adicionais Move, que vai adicionar ferramentas de criação que dão à comunidade o poder de explorar o que é possível com tal aparelho. Vai adicionar toda uma nova dimensão ao universo LBP.

Eurogamer Portugal: Alguns jogos first-party que começaram na PS3, estão agora a tornar-se numa trilogia, podemos esperar LBP 3 em breve?

Mark Healey: Bem, penso que isso é inteiramente possível, não existem planos de momento, e é difícil imaginar que mais poderíamos adicionar! Eu não suspenderia a respiração.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários