Crystal Dinamics sobre Tomb Raider

"Não queremos Lara como objecto sexual."

O director de arte da Crystal Dynamics, Brian Horton, falou sobre a criação da nova Lara Croft para o novo Tomb Raider e como o estúdio não a está a criar para ser um "objecto sexual".

"Quanto ao sex appeal, estamos sempre a pensar em criar uma personagem com a qual as pessoas querem jogar, e parte disso é um nível de atractividade e ser atraído para Lara", disse Horton à GameInformer.

"Mas não queremos aumentar a sexualidade apenas por esse fim. Estamos constantemente a falar sobre contexto e motivação neste projecto. Se por alguma razão a queríamos por numa situação em que iria ser sedutora, não é para ser sedutora. Seria porque a situação assim o pediu."

Horton realça como Lara adora arqueologia e como é esperta e muito ambiciosa, dizendo ainda que a sua capacidade para aguentar as adversidades é enorme.

"Vê-la sobreviver através destes momentos. A sua pele à mostra nos braços e vão existir buracos e pedaços rasgados nas suas roupas, mas não para serem reveladoras. É uma forma de dizer que através destas situações duras, existe uma beleza e vulnerabilidade a passar. Penso que isso é sensual à sua maneira."

Lara como um objecto sexual não é um objectivo para o estúdio e Horton diz que o jogo vai ter um tom diferente.

Salta para os comentários (6)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (6)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários