"Guitar Hero perdeu algum do apelo"

Activision sobre a série e o género.

Eric Hirshberg, CEO da Activision Publishing, reconheceu que tanto Guitar Hero como o género musical em si perderam o apelo nas massas que chegaram a ter, mas mantém confiança no futuro.

"Não é segredo que não só Guitar Hero, mas também Rock Band, e o género musical no geral, não tem o mesmo apelo nas massas hoje que tinham há alguns anos atrás," disse Hirshberg ao site IndustryGamers.

"Para o homem da Activision não deixa no entanto de ser tolo desistir da série e tentar pegar na sua força e a procurar refrescar através da inovação.

"A premissa de Guitar Hero - que todos tem uma estrela de rock dentro de si - é algo que fizemos desde sempre...Por isso penso que a premissa base a a visão base no coração da série Guitar Hero ainda é muito relevante."

Hirshberg acredita que o género é relativamente recente e está na hora de descobrir realmente qual é o próximo nível. Enquanto Guitar Hero é visto como um produto estagnado, o seu rival Rock Band é continuadamente aclamado pela sua inovação e frescura que apresenta.

Tal não parece ter valido de muito pois apesar de aclamado pela crítica, Rock Band 3 chegou este ano e foi recebido com vendas muito abaixo do esperado, tendo sido já reveladas intenções em vender o estúdio que o desenvolve, a Harmonix.

Sobre uma possível compra da Harmonix, Hirshberg nada pode comentar de momento mas apenas reconhece carinho e respeito para com o estúdio.

Salta para os comentários (7)

Sobre o Autor

Bruno Galvão

Bruno Galvão

Redator

O Bruno tem um gosto requintado. Para ele os videojogos são mais que um entretenimento e gosta de discutir sobre formas e arte. Para além disso consome tudo que seja Japonês, principalmente JRPG. Nós só agradecemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários