EA revela estratégia para bater CoD

Companhia acredita assumir a liderança.

A EA revelou a sua estratégia para conseguir retirar da liderança a série Call of Duty, ou seja, fazer um jogo melhor do que o da Activision.

John Riccitiello, CEO da EA, disse ao Kotaku que, "Se tivesse de escolher a história gostaria de escolher uma em que nós tivéssemos um jogo de 90 [no Metacritic] e eles um jogo de 85."

"O que tenho visto uma série de vezes na indústria dos jogos é que a forma como consegues ser líder de mercado que faz-te ter um jogo melhor uma série de vezes."

"Tenho grandes expectativas de fazer muito melhor em 2011 do que em 2010 sobre a força de uma série de produtos como Bulletstorm e Crysis 2, mas mais importante para nós é Battlefield 3, que penso que será incrivelmente bom."

Ninguém diria que a EA teve um mau ano com dois shooters como Medal of Honor e Bad Company 2 que tiveram vendas bastante fortes.

No entanto em comparação com Call of Duty: Black Ops os números ficam aquém. O título da Activision vendeu apenas num só dia 5.6 milhões de cópias, ou seja, mais do que os dois títulos da EA juntos.

Riccitiello disse também que o novo Battlefield está a ser construído sob um novo motor de jogo de segunda geração, tecnologia que acredita que irá surpreender.

"Penso que com este jogo iremos elevar bastante a categoria dos shooters na primeira pessoa a nível dramático," esgrimiu ele.

Salta para os comentários (36)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (36)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários