"Japão é um zombie que nunca morre"

Takahashi:"Precisa de uma injecção de vida"

Keita Takahashi, um dos produtores de jogos mais populares do Japão, disse que a indústria nipónica de videojogos é um zombie que precisa de morrer.

Estes comentários são uma resposta às duras críticas que Keiji Inafune tinha feito sobre a indústria de videojogos no Japão antes de abandonar a Capcom, e Takahashi parece concordar com as afirmações de Inafune.

"Penso que a indústria japonesa é como um zombie. Não sabemos o que fazer até que nos afundemos, e só então aí é que poderemos começar a ver onde estão as coisas que não funcionam," disse ele em entrevista à revista GamesTM.

"Quando vamos para baixo, vemos tecnologias novas como o PlayStation Move e as coisas animam-se um pouco. Nunca chegamos a tocar no fundo e por isso é como um zombie que nunca morre. Precisa de uma injecção de vida," afirmou ele.

"Penso que no Japão existe uma grande fixação por sequelas. Estão-se a fazer alguns jogos originais mas para mim essa é a principal razão para a industria japonesa estar tão mal."

Takashi é o criador de Katamary Damacy e de Noby Noby Boy. Ele deixou a Namco Bandai para fundar a sua própria companhia em conjunto com a sua mulher.

Salta para os comentários (11)

Sobre o Autor

Luís Alves

Luís Alves

Colaborador

É o nosso super-homem. Não existe nada que o Luís não saiba e o seu conhecimento da indústria é longo, permitindo-lhe estar sempre à frente de todos. É o homem que nunca dorme.

Conteúdos relacionados

Horizon Forbidden West ocupa quase 97GB na PS5

Poderás começar o download a 11 de fevereiro.

Nvidia aumenta os preços das gráficas RTX 30

A RTX 3090 ficou 100 euros mais cara.

Já há quem jogue Pokémon Legends Arceus no Twitch

Grande parte dos detalhes do jogo estão na Internet.

Watch Dogs Legion não receberá mais atualizações

Ubisoft dá por terminado o apoio ao jogo.

Também no site...

Já há quem jogue Pokémon Legends Arceus no Twitch

Grande parte dos detalhes do jogo estão na Internet.

Nvidia aumenta os preços das gráficas RTX 30

A RTX 3090 ficou 100 euros mais cara.

Watch Dogs Legion não receberá mais atualizações

Ubisoft dá por terminado o apoio ao jogo.

Comentários (11)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários