El Shaddai ao estilo japonês

Produtor rejeita ocidentalização do jogo.

Ultimamente tens-se falado muito sobre a abordagem que os estúdios japoneses terão que ter para com os seus novos jogos, numa tentativa de agradar mais a um público mais amplo.

Um dos principais aspectos apontados para esta mudança tem a ver com o design e conceitos que apenas parecem funcionar no Japão.

Um dos jogos que tem suscitado interesse desde a sua apresentação na E3 de 2010, foi El Shaddai: Ascension of the Metatron, da Ignition Entertainment, e de acordo com o seu produtor, Takeyasu Sawaki, irão evitar a tentativa de ocidentalizar o jogo e manter-se nos moldes japoneses.

Em declarações ao Gama, Takeyasu comenta, "Claro que li o livro de Enoque, e também li muitos outros livros relacionados com essas duas personagens. Penso que todos esses livros são chatos. Penso que a minha imaginação de Enoque é a mais próxima do Enoque original. Porque eu li muita informação, e tendo isso em base, eu desenhei este Enoque".

Takeyasu fala das influências da editora Ignition, que é Ocidental, "Eu tenho a minha própria ideia, e agora... Tenho que aceitar muitas ideias vindas de outras companhias, ou dos escritórios do RU. Portanto, estou a lutar para ver o que é bom para mim".

El Shaddai: Ascension of the Metatron será lançado em 2011 para a Xbox 360 e PS3, e poderão ver em baixo vídeos gameplay do jogo.

Salta para os comentários (5)

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets  |  eurogamerpt

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (5)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários