Jaffe responde a comparação entre Bayonetta e God of War

"Não estamos a fazer frente a esses jogos."

David Jaffe, numa resposta no seu blog ao artigo da EA Louse, respondeu a um comentário de um utilizador que visava a comparação entre God of War e Bayonetta.

Um tal de Matthew Emirzian disse: "Até este dia a série God of War está centrada num combate desajeitado, pobre e automático (desviar no analógico direito lol) e qualquer um com uma pista considera que Bayonetta, Devil May Cry ou Ninja Gaiden tem controlos e mecânicas superiores."

David Jaffe respondeu: "Não estamos a tentar fazer frente a esses jogos. Qualquer um pode ver que a técnica envolvida nesses jogos - ou jogos como Bayonetta - rebenta com God of War. É suposto eles fazerem isso! Em God of War o nosso objectivo era fazer com que o jogador se sentisse numa aventura que fosse fácil de jogar, com cenários porreiros, puzzles, e platforming."

"O objectivo nunca foi ser um simulador de combate espectacular. A tua reacção prova o meu ponto: podes não gostar de God of War mas nem sequer páras para pensar que talvez existem outros objectivos e maneiras de fazer as coisas, não apenas aqueles que tu gostas."

Jaffe terminou dizendo, "E se olhares para as vendas de God of War comparadas com esses jogos que mencionas, claramente - de um ponto de vista de vendas - fizemos algo correcto."

Ambos os jogos receberam notas máximas no nosso site. Vejam a análise de Bayonetta e a análise de God of War III.

Salta para os comentários (60)

Sobre o Autor

Jorge Loureiro

Jorge Loureiro

Editor

É o editor do Eurogamer Portugal e supervisiona todos os conteúdos publicados diariamente, mas faz um pouco de tudo, desde notícias, análises a vídeos para o nosso canal do Youtube. Gosta de experimentar todo o tipo de jogos, mas prefere acção, mundos abertos e jogos online com longa longevidade.

Conteúdos relacionados

Também no site...

Comentários (60)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários