EA responde às bocas de Bobby Kotick

"Arrogância de Kotick" destruirá Call of Duty. 

Depois das palavras azedas de Bobby Kotick contra a Electronic Arts, é agora altura para uma resposta por parte da companhia.

Em declarações ao Gama, Jeff Brown da EA comenta, "A relação de Kotick com o estúdio está muito bem documentada em litígio". Chamando à atenção do processo entre Activision e Vince Zampella and Jason West.

Mas Jeff continua, "A sua companhia é baseada em três franquias de jogos - uma é um mundo persistente fantástico que ele não tem nada a ver; um está em declínio; e o terceiro está em processo de ser destruído pela própria arrogância Kotick".

Não foram apresentados quais os nomes dos jogos em causa, mas facilmente se depreende que são o World of Warcraft da Blizzard, os jogos Guitar Hero e a série Call of Duty.

Palavras duras, que certamente não se ficarão por aqui.

Salta para os comentários (17)

Sobre o Autor

Jorge Soares

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets  |  eurogamerpt

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Conteúdos relacionados

Também no site...

O que estamos a jogar - 31 de Julho

É tu, a que jogos tens dedicado o teu tempo?

Fortnite é um pesadelo, diz José Mourinho

Os jogadores passam demasiado tempo a jogar.

Parte 2 de Fantasian está quase pronta

Mistwalker promete que será maior que a primeira.

Artigo | Spider-Man: Miles Morales tem algo a ensinar aos jogos em mundo aberto

Insomniac Games ressuscitou uma sensação que pensava perdida.

Comentários (17)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela tua contribuição!

Ignora piores comentários
Ordenar
Comentários