Se clicares num link e fizeres uma compra, poderemos receber uma pequena comissão. Lê a nossa política editorial.

Anonymous deixa de atacar a PSN

Afirmam estar do lado dos jogadores.

O grupo de ativistas conhecido por Anonymous volta a vir a público falar sobre os mais recentes ataques à PlayStation Network da PlayStation 3.

Num comunicado no site oficial, o grupo comenta que irão parar de atacar a PSN, pois acreditam que, "atacar a PSN não é uma boa ideia. Vamos, portanto, suspender temporariamente a nossa ação, até que seja encontrado um método que não afete seriamente os clientes da Sony".

O grupo afirma que o ataque é contra a Sony e não contra os seus clientes, dizendo que "Os Anonymous estão do vosso lado, lutando pelos vossos direitos. Este ataque é apenas contra a Sony, e iremos fazer o nosso melhor para não afetar os jogadores, pois isso iria contra o objetivo das nossas ações. Se trouxemos algum inconveniente aos utilizadores, por favor, saibam que este não era o nosso objetivo".

Na verdade muitos jogadores foram afetados conforme poderá ser testemunhado por muitos dos nossos leitores, que informaram-nos das dificuldades em se ligarem à PSN.

Os objetivos do grupo são claros, a retirada do processo contra o hacker Geohotz, e a permissão de devolver a funcionalidade "Outro Sistema Operativo" à PS3, bem como referente à quebra de privacidade por parte da Sony ao recolher os logs de acesso ao site de Geohotz e contas no Youtube, de todos os visitantes.

O grupo afirma que continuará até todos os seus pedidos serem satisfeitos.

Marcado com

Sobre o Autor

Jorge Soares avatar

Jorge Soares

EG.pt Master of Puppets

Sempre ocupado e cheio de trabalho, é ele quem comanda e gere a Eurogamer Portugal. Queixa-se que raramente arranja tempo para jogar, mas quando está mesmo interessado num jogo, lá consegue arranjar uns minutos. Tem mau perder e arranja sempre alguma desculpa para a sua derrota, mas no fundo, é o que todos fazemos.

Comentários